Data: 05/07/2022 17:30 / Autor: Redação / Fonte: CBV

Fã da cultura japonesa, Darlan tem motivação extra para terceira etapa da Liga das Nações

Oposto da seleção brasileira de vôlei é apaixonado por animes e realiza o sonho de conhecer o Japão


Darlan tem uma referência aos animes tatuada no braço
Darlan tem uma referência aos animes tatuada no braço

Crédito: Divulgação/CBV

Quando Darlan recebeu o telefonema que confirmava sua presença nas etapas de Sófia (BUL) e Osaka (JAP) da Liga das Nações, não conseguiu conter a euforia. Além da felicidade de defender o Brasil em uma das competições mais importantes do voleibol mundial, o jovem oposto de 20 anos realiza o sonho de viajar para o Japão.  O fã incondicional de animes, um gênero de animação típica da cultura pop japonesa, estará em quadra nesta quarta-feira (06.07), contra a Alemanha, às 3h40 (de Brasília), no jogo de estreia do Brasil na terceira etapa da competição. O sportv 2 transmite ao vivo. 

“Quando eu soube que iria ao Japão com a seleção masculina foi uma alegria imensa. Contei para os meus irmãos e meus pais na hora. Fiquei animado e um pouco ansioso. O foco aqui é a Liga das Nações, os treinamentos e os jogos, mas vivenciar um pouco a cultura já é uma experiência incrível. As pessoas são muito acolhedoras, estou curtindo bastante”, conta o oposto, que tem uma tatuagem em referência aos animes no braço e tomou gosto pelo tema por influência dos irmãos mais velhos Alex e Alan. Este último, era o outro oposto da seleção masculina, que rompeu o tendão de aquiles da perna direita na partida contra o Irã, pela segunda etapa da Liga das Nações, no dia 24 de junho. 

Com 15 pontos, o Brasil que está em sexto no ranking que classifica oito equipes para a fase final. A Alemanha é a 11ª. “Esta semana será muito importante para nós e a estreia, contra a Alemanha, será bem difícil. Mas estou tranquilo, o grupo me acolheu muito bem, me passam segurança e confiança. Sei da minha responsabilidade com o time e quero colocar toda a minha energia nos jogos”, diz Darlan.  

Para o técnico Renan Dal Zotto, o Brasil terá uma semana com grandes desafios.  “Teremos uma sequência difícil nesta etapa. Nosso primeiro jogo será contra a Alemanha, que ainda briga por uma das vagas e é uma equipe muito forte fisicamente, muito alta e com um saque muito potente. Temos que estar atentos a isso para estrearmos bem e seguirmos nossa evolução como time”, diz Renan. 

A Liga das Nações reúne as 16 melhores seleções de voleibol do planeta. Em 2022, a competição será realizada em duas fases. A primeira tem três etapas. Em cada uma, os times são divididos em dois grupos e cada um joga quatro vezes. Os grupos e os confrontos de cada semana são definidos por sorteio. Os oito melhores desta fase avançam para a fase final, que acontece de 20 a 23 de julho, em Bolonha (Itália). O Brasil é o atual campeão e busca o bicampeonato.  

Terceira etapa: 

Osaka – Japão 

06/07 – Brasil x Alemanha, às 3h40
07/07 – Brasil x Canadá, às 6h
08/07 – Brasil x França, às 3h40
10/07 – Brasil x Japão, às 7h10

Comente aqui