Data: 01/07/2022 15:23 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Djokovic aplica "pneu", atropela compatriota e avança em Wimbledon

O sérvio precisou de apenas 25 minutos para fechar o primeiro set


Crédito: Reprodução

Djokovic provou nesta sexta-feira o motivo que o faz ser um dos principais candidatos ao título de Wimbledon. O sérvio bateu o compatriota Miomir Kecmanovic, com direito a um pneu, por 3 sets a 0, e parciais de 6/0, 6/3 e 6/4, em 1h52 de partida.

Nas oitavas de final, o seis vezes campeão em Wimbledon e número 3 do mundo, Djokovic enfrentará o convidado Tim van Rijthoven, que passou por dois cabeças de chave, o americano Reilly Opelka e o Georgiano Nikoloz Basilashvili. O sérvio vem de quatro títulos consecutivos em Wimbledon, e perdeu pela última vez no torneio em 2017, quando desistiu após ter se lesionado. Na ocasião, Djokovic enfrentou Tomás Berdych.

Djokovic foi arrasador no primeiro set e aplicou um "pneu" em seu compatriota. O sérvio precisou de apenas 25 minutos para fechar o set. Kecmanovic ameaçou apenas no terceiro game, quando abriu 40-0, mas acabou levando a virada.

O segundo set foi um pouco mais equilibrado, mas em nenhum momento Djokovic pareceu ter perdido o controle do duelo. O sérvio manteve um ritmo constante e mostrou muito potencial no saque, com seis aces na partida, para abrir 2 sets a 0, parcial de 6/3. No terceiro set, Kecmanovic chegou a quebrar um serviço de Djokovic, mas não teve tempo ruim para o número 3 do ranking, que voltou a errar mesmo e confirmou a vitória sem muita dificuldade.

Comente aqui