Data: 22/03/2020 08:34 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Crise causada pelo Coronavirus no Brasil acelera mudança na estratégia de Doria

Governador saiu da defensiva e passou a “bater” no presidente. Sondagens indicam que Doria não sofreu abalo em sua reputação com o avanço da pandemia


Os efeitos do covid-19 no País obrigaram João Doria a precipitar uma mudança de postura em relação a Jair Bolsonaro, movimento que o tucano só planejava fazer mais perto de 2022. O governador saiu totalmente da defensiva e passou a “bater” (no jargão da política) no presidente. Até bem pouco, ele engolia em seco ou dava repostas “republicanas” aos ataques. Num modo subliminar, porém, também perceptível, Doria tenta fixar, ao se dedicar integralmente às ações de combate ao vírus, a imagem de líder ágil e atento, em contraponto a Bolsonaro.

A capacidade de comunicação de João Doria (ex-apresentador de TV) tem ajudado o governador, mas ainda é cedo para qualquer previsão eleitoral, avaliam analistas. O futuro dependerá de como se dará o avanço da pandemia em São Paulo e no País.

As primeiras sondagens indicam que o presidenciável tucano vem sobrevivendo à máquina de moer reputações políticas em que o coronavírus de transformou.

Crédito: Governo do Estado de São Paulo

Comente aqui