Data: 11/09/2020 17:22 / Autor: Ane Caroline / Fonte: ABCdoABC

Como foi a 9ª rodada do Brasileirão

Inter se mantém na liderança e abre novamente vantagem de três pontos


Crédito: Ricardo Duarte/Internacional

Terminou ontem (11) a 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Confira um resumo de tudo que aconteceu nos jogos dessa semana:

O Internacional fez valer a lei do ex com o artilheiro Thiago Galhardo, que marcou os dois gols da vitória por 2 a 0 sobre o Ceará no Beira-rio. Com o resultado, o Colorado não só mantém a liderança como abre uma vantagem de três pontos para o segundo colocado, que agora é o Flamengo.

O rubro-negro venceu o clássico com mando do Fluminense por 2 a 1 com gols de Filipe Luis e Gabigol ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa o Flu esboçou reação com Digão, mas não foi capaz de impedir a derrota, assistida pelo técnico da seleção brasileira Tite.

O São Paulo tropeçou em casa contra o Red Bull Bragantino, em jogo de dois pênaltis perdidos pelo adversário. O Bragantino abriu o placar com Raul e em bobeira da defesa tomou o empate do tricolor marcado por Luciano, que marcou seu quarto gol em cinco jogos, ótima fase. Com o resultado, porém, o time do Morumbi perdeu a segunda posição por critérios de desempate para o Flamengo.

Palmeiras e Corinthians fizeram o outro clássico da rodada. E o Verdão levou a melhor com placar de 2 a 0, o primeiro gol marcado em pênalti (com expulsão de Fagner) por Luiz Adriano na primeira etapa. Com um a mais, o Palmeiras que já estava melhor na partida, manteve a soberania em campo, e ampliou com Gabriel Verón. O Corinthians, não só não teve forças para reagir como teve outro jogador expulso no final do jogo, desta vez Danilo Avelar.

Na parte de baixo da tabela, Goiás e Coritiba se enfrentaram para tentar fugir da zona de rebaixamento. O Coxa saiu na frente e abriu vantagem de dois gols com Robson e William Matheus ainda no primeiro tempo. Porém, aos 44 da primeira etapa o dono do segundo gol William Matheus colocou a mão na bola, foi expulso, e pênalti marcado para o Goiás diminuir com Rafael Moura. Com um jogador a mais, o Goiás reviveu na partida e não só marcou o empate como virou a partida com o chileno Ignacio Jara e gol contra de Sabino. Tudo parecia perdido para o time paranaense até que aos 48 minutos foi marcado um pênalti a favor da equipe, convertido por Sabino, o mesmo do gol contra. Tudo igual no placar, 3 a 3, ruim para as duas equipes que se localizam no Z-4 da competição.

Athlético-PR e Botafogo também jogaram com objetivo de se afastar da ponta de baixo da tabela. Com primeiro tempo mais devagar e segundo tempo agitado, com direito a pênalti perdido por Nikão, as duas equipes terminaram com empate em 1 a 1 (gols de Ravanelli para o Furacão e Victor Luís para a equipe carioca). O empate colocou o Athlético na zona da degola, e o Botafogo apenas uma posição acima.

Com a chance de chegar à vice liderança após tropeço do São Paulo, o Vasco fez o jogo de encerramento da rodada com o Atlético-GO, e tudo começou bem quando Cano abriu o placar para o cruzmaltino. Entrou em ação então a já bem conhecida lei do ex, com Renato Kayser, que marcou logo dois gols para virar o jogo e garantir a vitória da equipe goiana. O Vasco chegou a empatar no finalzinho com Cano, mas o gol foi anulado pelo VAR por toque de mão.

Se as coisas não deram certo para o Vasco, para o Grêmio foi outra história. Em jejum de vitórias, a equipe do Rio Grande do Sul finalmente conseguiu vencer em partida fora de casa contra o Bahia. Alisson e Darlan marcaram para os sulistas e o placar final foi de 2 a 0. O novo técnico do Bahia, Mano Menezes, assistiu o jogo, e terá a tarefa de manter a equipe longe do Z-4, apenas um ponto separa o time da zona.

Em ótima fase, o Santos enfrentou o também embalado Atlético-MG. Em reencontro do técnico Sampaoli com a equipe do Peixe, o Galo não conseguiu segurar o ritmo, que teve o goleiro expulso logo aos 15 minutos de jogo. Melhor em campo durante todo o tempo, o placar final foi de 3 a 1, com dois gols do artilheiro Marinho, agora na vice-artilharia do campeonato. Os outros gols foram marcados por Arthur Gomes e Franco para o time mineiro.

Por último, o Sport foi visitar o Fortaleza em duelo de Leões. Melhor para a equipe de Rogério Ceni que, de pênalti com Wellington Paulista, marcou o único gol da partida e venceu por 1 a 0.

SELEÇÃO DA RODADA

Vanderlei (GRE)

Orejuela (GRE)

Cuesta (INT)

David Braz (GRE)

Filipe Luís (FLA) – cara da rodada

Thiago Maia (FLA)

Edenilson (INT)

Thiago Galhardo (INT)

Everton Ribeiro (FLA)

Gabriel (FLA)

Marinho (SAN)

Téc: Domènec Torrent (FLA)

*Lembrando que a seleção é decidida por voto popular nas redes sociais.

G-4

  1. Internacional – 20 pontos
  2. Flamengo – 17 pontos
  3. São Paulo – 17 pontos
  4. Palmeiras – 16 pontos

Z-4

17. Athlético-PR – 8 pontos

18. Coritiba – 8 pontos

19. Bragantino – 7 pontos

20. Goiás – 5 pontos

ARTILHARIA

Thiago Galhardo (INT) – 8 gols

Marinho (SAN) – 6 gols

Cano (VAS) – 6 gols

Gabriel (FLA) – 5 gols

Comente aqui