Data: 22/11/2019 17:45 / Autor: Redação / Fonte: CBV

Circuito Brasileiro: Quartas de final definidas no torneio feminino em Ribeirão

Disputa pelo título da terceira etapa da temporada 19/20 se acirra e conta com atleta local entre as classificadas


Aline e Juliana se classificaram para as quartas
Aline e Juliana se classificaram para as quartas

Crédito: Célio Messias/Inovafoto/CBV

A rodada até que foi curta nesta sexta-feira (22.11) para as duplas femininas que disputam o Open Ribeirão Preto (SP), terceira etapa do Circuito Brasileiro de vôlei de praia 2019/2020. Com apenas as partidas válidas pelas oitavas de final na agenda, oito jogos movimentaram o torneio entre as mulheres na arena montada no Ribeirão Shopping, com destaque para uma atleta local.

A bloqueadora Fernanda Berti, atual campeã brasileira e que joga com a medalhista olímpica Bárbara Seixas, é natural de São Joaquim da Barra (SP), cidade a 70km de Ribeirão, mas passou a infância morando na cidade que hoje recebe as principais estrelas do vôlei de praia nacional. Fernanda e Bárbara encabeçam a lista das classificadas às quartas e, para isso, contaram com o apoio da torcida no triunfo sobre Vivian/Vitória (PA/RJ) por 2 sets a 0 (21/15 e 21/14).

“Eu nasci em São Joaquim da Barra, mas morei aqui em Ribeirão até os nove anos. Aqui é a minha casa, tenho lembranças muito boas. Eu nunca tive antes a oportunidade de ter a minha família inteira na torcida como estou tendo aqui, é emocionante. É a primeira vez que tenho a oportunidade de jogar aqui. Vieram meus pais, três tias, avó, primos. Muita gente apoiando”, contou Fernanda.

Outra dupla garantida na próxima etapa são as medalhistas pan-americanas Carol Horta e Ângela (CE/DF) que passaram pelas irmãs Maria Clara e Carol (RJ) com vitória no tiebreak (13/21, 21/16 e 15/11).

“Eu e a Ângela começou a ter uma regularidade maior como time nesta temporada. Sempre chegando perto da semifinal, até que na etapa passada conseguimos. E aqui em Ribeirão pegamos jogos difíceis, pegamos agora a Maria e a Carol que tem o entrosamento pelo DNA (risos), jogaram muitos anos juntas. E são duas atletas muito fortes, um jogo que exigiu muito de nós. Começamos mal, mas nos acertamos e conseguimos a virada”, comemorou a cearense Carol Horta.

Ainda pelas oitavas de final Andrezza/Neide (AM/AL) passou por Solange/Teresa (DF/CE) por 2 sets a 0 (21/14 e 21/15), Juliana Simões/Aline (PR/SC) derrotou Verena/Hegê (CE) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/14). Taiana/Talita (CE/AL) levou a melhor sobre Rafaela/Jéssica (PA) por 2 sets a 0 (21/9 e 21/15), enquanto Andressa/Diana (PB/RJ) ganhou de Val/Érica Freitas (RJ/MG) por 2 sets a 1 (21/16, 18/21 e 15/8). A dupla estreante Maria Elisa/Elize Maia (RJ/ES) bateu Josi/Juliana por 2 sets a 0 (21/19 e 21/19). E, completando a lista de classificadas, Tainá/Victoria (SE/MS) que superou Rosimeire Lima/Naiana (AL/CE) por 2 sets a 1 (19/21, 21/13 e 15/10).

Os duelos das quartas de final acontecem na manhã deste sábado (23.11) a partir das 9h40 com as partidas de Andrezza/Neide contra Juliana Simões/Aline e Ângela/Carol Horta com Bárbara Seixas/Fernanda Berti. Às 10h30 Taiana/Talita enfrenta Maria Elisa/Elize Maia, enquanto Andressa/Diana encara Tainá/Victoria. As semifinais femininas acontecem também no sábado, bem como as oitavas, quartas e semis da chave masculina. A arena no Ribeirão Shopping tem entrada franca e as partidas serão transmitidas pelo site voleidepraiatv.cbv.com.br e na página da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) no Facebook. O SporTV 2 transmite duas das semifinais ao vivo a partir das 19h.

Ribeirão Preto (SP) recebeu etapas do Circuito Brasileiro em duas oportunidades. A primeira, em 1995, teve como vencedores Zé Marco/Emanuel (PB/PR) e Karina/Renata (RJ). Depois, em 2004, Ricardo/Emanuel (BA/PR) e Sandra/Ana Paula (RJ/MG) foram as vencedoras.  A cidade também recebeu uma etapa de outro torneio, o Circuito Challenger, em 2014, com títulos para Duda/Carolina Horta (SE/CE) e Lipe/Beto Pitta (CE/RJ).

A estreia do tour aconteceu em Vila Velha (ES), em setembro, com ouro para Ágatha/Duda (PR/SE) e André Stein/George (ES/PB). Em Cuiabá, no mês passado, os títulos ficaram com Ana Patrícia/Rebecca (MG/CE) e Alison/Álvaro Filho (ES/PB).

Além das duplas campeãs de cada etapa, também existem os campeões gerais da temporada, somando a pontuação obtida nos sete eventos. Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 46 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos mais de R$ 500 mil por etapa.

 QUARTAS DE FINAL – TORNEIO FEMININO

Andrezza/Neide (AM/AL) x Juliana Simões/Aline (PR/SC) – às 9h40

Ângela/Carol Horta (DF/CE) x Bárbara Seixas/Fernanda Berti – às 9h40

Taiana/Talita (CE/AL) x Maria Elisa/Elize Maia (RJ/ES) - às 10h30

Andressa/Diana (PB/RJ) x Tainá/Victória (SE/MS) – às 10h30

O Banco do Brasil é o patrocinador oficial do voleibol brasileiro

Comente aqui