Data: 23/10/2020 21:09 / Autor: Redação / Fonte: CBV

CIRCUITO BRASILEIRO: Fase eliminatória é definida e campeões saem com melhor campanha

André e George venceram as duas partidas por 2 sets a 0 e melhor saldo de pontos


Atuais campeões brasileiros George (esq) e André Stein em ação
Atuais campeões brasileiros George (esq) e André Stein em ação

Crédito: Ana Patrícia/Inovafoto/CBV

O calor forte em Saquarema (RJ) foi apenas um detalhe em quadra para as duplas que entraram em ação pelo torneio masculino do Circuito Brasileiro Open de Vôlei de Praia nesta sexta-feira (23.10). O dia foi de disputa pela fase de grupos da segunda parada da temporada 2020/2021 na arena montada dentro do Centro de Desenvolvimento de Voleibol (CDV). Após 20 jogos, Renato/Adrielson (PB/PR), Vinícius/Pedro Solberg (ES/RJ), Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) e André/George (ES/PB) foram as duplas de melhor campanha e garantiram uma vaga direta às quartas de final.

O torneio, que é realizado seguindo todos os protocolos de segurança sanitária, não conta com público presente, mas todas as partidas são transmitidas pelo Canal Vôlei de Praia TV e pela página da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) no Facebook. As semifinais, também neste sábado, a partir das 19h, terão transmissão ao vivo exclusivamente pelos canais SporTV.

Um dos destaques da primeira rodada foi a jovem dupla Renato/Adrielson, que ficou em terceiro lugar na etapa anterior, em setembro, e que, desta vez, largou com duas vitórias. Os campeões mundiais Sub-21 de 2017 passaram por Harley/Fernandão (DF/ES) por 2 sets a 0 (22/20 e 21/15). Horas depois, venceram Guto/Arthur Mariano (RJ/MS) por 2 sets a 0 (22/20 e 21/15), o que garantiu a liderança do grupo D.

“Nossa dupla busca se superar a cada jogo, a cada set, dar o nosso máximo. Estamos treinando juntos em Maringá com essa intenção, de estarmos cada dia mais entrosados. Temos um ótimo relacionamento fora de quadra e estamos buscando nosso espaço, trabalhando para evoluir em todas as etapas”, disse Renato.

Para Adrielson, os treinos em conjunto fizeram a diferença para a dupla. Renato, que é natural de João Pessoa (PB), passou mais de uma semana em Maringá (PR). Jogar o Circuito Brasileiro é um desafio, segundo o paranaense, e manter-se conectado ao parceiro é uma ferramenta importante para alcançar as primeiras colocações.

“O nível da competição é muito forte, as duplas são muito boas, não tem jogo fácil para ninguém. Estamos estudando muito cada dupla e treinar juntos tem feito muita diferença para o nosso desempenho em quadra”, contou Adrielson.

Vinícius e Pedro Solberg (ES/RJ) ficaram em primeiro no grupo E ao superarem Adelmo/Moisés (BA) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/8), e Hevaldo/Saymon (CE/MS) por 2 sets a 0 (21/16 e 21/16). No grupo B, Evandro e Bruno Schmidt (RJ/DF) superaram Leonam/Patrick (PB/PR) por 2 sets a 1 (19/21, 21/17 e 15/8). Em seguida eles levaram a melhor sobre Bruno/Jô (AM/PB) por 2 sets a 0 (21/13 e 21/17), e ficaram em primeiro.

André e George (ES/PB), campeões na etapa de abertura da temporada, mantiveram o bom desempenho e venceram as duas partidas que tiveram pelo grupo A. Eles largaram com a melhor campanha da primeira fase. Contra Gabriel Santiago/Johann (DF/RJ) os líderes do ranking fizeram 2 sets a 0 (21/12 e 21/13). Em seguida derrotaram Allison Francioni/Fábio (SC/CE) por 2 sets a 0 (21/18 e 21/13) para garantirem a liderança da chave e avançar no torneio.

Além dos quatro melhores desempenhos, outras oito duplas se classificaram para a repescagem. Alison/Álvaro Filho (ES/PB), passaram com a quinta melhor campanha entre os primeiros de cada chave, Hevaldo/Saymon (CE/MS), Guto/Arthur Mariano (RJ/MS), Bruno/Jô (AM/PB), Vitor Felipe/Arthur Lanci (PB/PR) e Allison Francioni/Fábio (SC/CE) foram os times que se classificaram em segundo lugar, e Felipe Cavazin/Marcus Carvalhaes (PR/RJ) e Fernandão/Harley (ES/DF) foram os melhores terceiros que também seguem na competição.

Pai de primeira viagem, Álvaro comentou sobre a influência do nascimento do filho Dom - logo após a etapa em setembro – no desempenho do paraibano em quadra.

“Eu estou no melhor momento da minha vida depois do nascimento do meu filho. É uma energia extra para mim, entro em quadra mais motivado. Fizemos dois jogos duros hoje, apesar dos placares terem sido 2 sets a 0, as disputas foram apertadas, decididas no detalhe. Tivemos muita concentração. O vento está entrando um pouco diferente, e foi preciso ficar atento para corrigir essa diferença”, comentou Álvaro Filho.

Entre as 20 equipes que começaram o dia na disputa, oito não conseguiram avançar e se despediram da competição: Lipe/Rafa (CE/PR), Léo Vieira/Luciano (DF/ES), Leonam/Patrick (PB/PR), Álvaro Andrade/Rafael (SE/PB), Gabriel Santiago/Johann (DF/RJ), Adelmo/Moisés (BA), Thiago/Oscar (SC/RJ) e Bernardo Lima/Eduardo Davi (CE/PR).

Cada etapa do Circuito Brasileiro distribui R$ 47 mil às duplas campeãs dos dois naipes, e todos os times na fase de grupos são premiados. Ao todo, são distribuídos aproximadamente de R$ 538 mil por etapa.

REPESCAGEM

Jogo 21 – Bruno/Jô (AM/PB) x Hevaldo/Saymon (CE/MS) – 9h

Jogo 22 – Alison/Álvaro Filho (ES/PB) x Felipe Cavazin/Marcus (PR/RJ) – 9h

Jogo 23 – Vitor Felipe/Arthur Lanci (PB/PR) x Vitor Felipe/Arthur Lanci (PB/PR) – 10h

Jogo 24 – Allison Francioni/Fábio (SC/CE) x Fernandão/Harley (ES/DF) – 10h

QUARTAS DE FINAL

André/George (ES/PB) x Vencedor Jogo 21 – 13h

Renato/Adrielson (PB/PR) x Vencedor Jogo 22 – 13h

Evandro/Bruno Schmidt (RJ/DF) x Vencedor Jogo 23 – 14h

Vinícius/Pedro Solberg (ES/RJ) x Vencedor Jogo 24 – 14h

Comente aqui