Data: 29/06/2020 21:18 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Caiado defende lockdown de 14 dias em Goiás

Governador afirmou que medida tem a intenção de conter o aumento do número de casos e mortes em todo o estado e solicitou ajuda de prefeitos


Crédito: Governo de Goiás

Com 435 óbitos registrados e curva de disseminação em forte ascendência, Goiás estuda decretar lockdown (confinamento ou fechamento total) a partir desta terça, 30, em razão da disseminação atual do novo coronavírus no Estado. De acordo com recente estimativa da Universidade Federal de Goiás (UFG) divulgar novo estudo que estima um colapso hospitalar em julho, apontando a necessidade de 2 mil leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), e 18 mil mortes por Covid-19 até setembro.

A responsabilidade é de todos nós. Cada prefeito e cada prefeita vai responder pelos casos de seus municípios”, afirmou o governador durante videoconferência com profissionais de saúde, deputados federais goianos, representantes das cidades e do Ministério Público de Goiás para discutir medidas contra o novo coronavírus.

Caiado ofereceu policiais aos prefeitos de todos os 246 municípios do estado para fazer cumprir o isolamento. “Fornecerei as minhas polícias a todos os prefeitos que querem que haja o comprimento do isolamento. Porta de supermercado não será o que é hoje, em que famílias vão inteiras para a frente das lojas”.

A estratégia para conter a pandemia é a chamada 14 por 14, ou seja, o comércio ficaria fechado 14 dias, e, posteriormente, 14 dias em funcionamento, até a estabilização dos casos de coronavírus.

Comente aqui