Data: 27/07/2021 09:49 / Autor: Redação / Fonte: Hot Car New Generation

Em busca de novos recordes, Hot Car New Generation encara jornada dupla em Curitiba

Equipe paulista avançou ao Q3 pela primeira vez na etapa de Cascavel (PR) e quer repetir o feito na capital paranaense


Crédito: Duda Bairros

Curitiba será o palco das duas próximas etapas da Stock Car Pro Series. O primeiro compromisso será no próximo fim de semana, entre os dias 30 de julho e 1º de agosto, para a sexta etapa do campeonato nacional. A equipe Hot Car New Generation vai para a capital paranaense querendo repetir a boa atuação de Cascavel (PR), quando avançou para o Q3 com Felipe Lapenna e partiu da primeira fila para a segunda corrida. Tuca Antoniazi, que foi um dos vencedores do Fan Push na última etapa, também somou bons pontos no oeste paranaense. No final de semana seguinte, entre os dias 6 e 8 de agosto, a disputa será no anel externo do autódromo paranaense.

Lapenna, que completou 150 largadas na categoria principal em Cascavel (PR), se diz fã do circuito curitibano. “É uma pista que eu gosto muito. Em 2014 eu tive um P6 com a Hot Car lá. É um lugar que eu costumo ter bons resultados, já ganhei corrida na Light, ganhei corrida de Fórmula Renault… Estou bem ansioso para chegar no fim de semana e conseguir mais um bom resultado”, disse o piloto do Chevrolet Cruze #110.

“Nossas corridas em Cascavel foram bastante movimentadas, e acho que em Curitiba deve ser a mesma coisa, apesar de serem circuitos de naturezas bastante distintas. A pista de Curitiba é bem mais técnica, mistura trechos travados com curvas de média e alta velocidade, além de uma reta bem longa. Espero coletar mais pontos nesta etapa”, explica Tuca Antoniazi, que carrega o numeral 54 em seu Chevrolet Cruze.

A Stock Car correrá em Curitiba duas vezes em sete dias, e com isso a equipe prepara uma operação especial para as próximas etapas. Toda a equipe deve ficar na cidade na próxima semana, por isso o estoque de peças que vão para a etapa deve ser reforçado. “Estamos praticamente levando tudo da oficina para Curitiba. Só não levamos o galpão porque é impossível. Senão, daríamos um jeito também”, brinca Babi Rodrigues, chefe da Hot Car New Generation. “Foi uma mudança de data meio que em cima da hora, então tivemos que agilizar e planejar muita coisa em um tempo bem curto, mas tem dado tudo certo, e agora esperamos ver bons resultados na pista”, concluiu.

A primeira etapa será disputada no traçado tradicional de Curitiba, com extensão de 3.695 metros e oito curvas. A segunda, válida como sétima etapa do campeonato, será disputada no anel externo, com 2.540 metros e três curvas.

Comente aqui