Data: 20/01/2022 14:30 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Bia Haddad lamenta falhas e elogia romena: "Foi superior em todos os aspectos"

Simona Halep, ex-número 1 do mundo, jogou melhor e eliminou a brasileira


Bia Haddad
Bia Haddad

Crédito: Divulgação

A brasileira Beatriz Haddad Maia esteve longe de apresentar seu melhor tênis nesta quinta-feira, 20, e acabou sendo eliminada na segunda rodada do Aberto da Austrália. Após o jogo, a tenista número 1 do Brasil reconheceu as falhas cometidas e a superioridade da rival, a romena Simona Halep, ex-número 1 do mundo e dona de dois títulos de Grand Slam.

"A Halep fez um jogo excelente. Ela foi superior em todos os aspectos. Em todos os pontos do jogos ela trabalhou melhor do que eu. Não fiz um bom trabalho, tanto tenisticamente, quanto mentalmente. Acabei me desorganizando muito rápido", analisou a brasileira, após ser batida por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/0.

Bia apontou a movimentação de pé como maior falha nesta partida. "Não controlei muito bem a energia mental e acho que a primeira coisa que a acusou, já desde o início, foi a minha movimentação de pé. Não me mexi bem durante o jogo e isso foi algo que percebi ali mesmo. Foi total mérito dela, a Halep fez a parte dela bem feita", comentou. "Hoje eu só consegui apresentar o nível de tênis que eu venho jogando nas outras partidas em um único game e, quando você está jogando contra jogadoras desse nível, que estão confiantes e num bom momento, elas não vão te dar uma brecha".

Apesar da dura derrota, Bia garantiu que não se abalará com o resultado. "Eu venho amadurecendo e acho que a minha maior qualidade é a capacidade de aprender e levantar. Sou muito forte e resiliente e tenho certeza que isso é só uma pedrinha no meu caminho. Preciso seguir fazendo o meu trabalho, melhorar o que preciso melhorar e seguir em frente".

A tenista segue competindo em Melbourne. Pela chave de duplas feminina, ela entrará em quadra nesta sexta ao lado da casaque Anna Danilina para enfrentar as checas Tereza Martincova e Marketa Vondrousova, pela segunda rodada.

MELO COMEMORA ESTREIA - Se Bia perdeu, Marcelo Melo venceu em sua estreia na chave de duplas. E celebrou a vitória de virada sobre o francês Adrian Mannarino e o monegasco Hugo Nys, em quase duas horas de jogo. "Foi um jogo realmente duríssimo. O Mannarino vem muito bem na simples. Ganhou do Hurkacz (Hubert), estava com muita confiança. E no começo da partida ele fez a diferença, jogando sólido", comentou.

"Mas acho que o mais importante foi termos ficado no jogo. Conseguimos um break logo no início do segundo set, o que foi importante. Depois, no terceiro também, apesar de acabar perdendo um saque, mantivemos a calma e fechamos o jogo muito bem", disse o especialista em duplas. Na segunda rodada, ele e o croata Ivan Dodig vão encarar os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, sem data definida até o momento.

Comente aqui