Data: 27/11/2020 01:59 / Autor: Gabriel Plasa / Fonte: ABCdoABC

Na Argentina, Vasco sai na frente, mas cede empate para o Defensa y Justicia

Cano faz belo gol, porém cruzmaltino dá espaço e agora a decisão fica para o Rio de Janeiro


Crédito: Twitter Copa Sul-Americana

O primeiro tempo foi fraco tecnicamente, principalmente pela parte do Vasco, que não propôs o jogo e viu os argentinos dominarem as ações da partida. Aos 24 o Defensa y Justicia fez o primeiro gol, porém, após revisão do VAR, o impedimento foi assinalado e o gol anulado. Rius, que havia marcado o primeiro gol anulado, também marcou outro. O meio-campista recebeu em posição ilegal e mandou para o gol, mas novamente o tento foi bem anulado pela equipe de arbitragem. Antes do fim do primeiro tempo o camisa 35, Larralde, também teve um gol anulado, também por impedimento, todos muito bem marcados pela equipe de arbitragem.

O segundo tempo foi uma cópia do primeiro para os cariocas. O time jogou mal, sem transição e com poucas finalizações. O cruzmaltino, havia dado apenas uma finalização na partida, conseguiu marcar o gol. Miranda lançou Léo Matos na direita e ele cruzou para Cano, sempre ele, acertar um voleio de direita, no canto do goleiro, colocando o Vasco em vantagem na partida. Mesmo com o gol marcado os brasileiros sofriam e Lucão precisou entrar em ação para salvar duas vezes. Aos 33 o gol de empate, que fechou o placar. O meio-campo do Vasco saiu jogando mal e a bola sobrou para Braian Romero, que de fora da área, acertou o ângulo, sem chances para o goleiro vascaíno.

Os dois times se enfrentam novamente para decidir a vaga na próxima quinta-feira, em São Januário.

Comente aqui