Data: 16/06/2019 10:27 / Autor: Redação / Fonte: CBV

Ágatha e Duda levam a medalha de bronze na etapa quatro estrelas

A dupla superou as compatriotas Carol Solberg e Maria Elisa por 2 sets a 0 para ficar com lugar no pódio


Ágatha (esquerda) e Duda com a medalha de bronze em Varsóvia, na Polônia
Ágatha (esquerda) e Duda com a medalha de bronze em Varsóvia, na Polônia

Crédito: Divulgação/FIVB

Bárbara Seixas (RJ), que não disputaram a etapa para que Bárbara possa se recuperar de lesão na mão, estão com 1.520 pontos. 

Antes da disputa do bronze, os times brasileiros acabaram sendo superados nas semifinais. Ágatha/Duda caiu para as norte-americanas Larsen/Stockman por 2 sets a 0 (21/11, 21/19), enquanto Carolina Solberg e Maria Elisa foram superadas pelas australianas Mariafe Artacho e Taliqua Clancy, também por 2 sets a 0 (21/17, 21/16).  

As australianas, que ficaram com o ouro ao superaram o time norte-americano na final, por 2 sets a 0 (22/20, 21/17), receberam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial e uma premiação de cerca de R$ 80 mil em Varsóvia. 

Na corrida olímpica do Brasil, apenas os eventos de quatro e cinco estrelas do Circuito Mundial, além do Campeonato Mundial, são contabilizados, cada um com peso correspondente. Além disso, os times terão uma média dos 10 melhores resultados obtidos, podendo descartar as piores participações. Só valem os pontos obtidos juntos, como dupla. 

A corrida olímpica interna das duplas brasileiras acontece em paralelo à disputa da vaga do país, que segue as regras da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Cada nação pode ser representada por, no máximo, duas duplas em cada naipe. 

Os países possuem quatro maneiras de garantir a vaga: vencendo o Campeonato Mundial 2019; sendo finalistas do Classificatório Olímpico, que será disputado na China, também em 2019; estando entre as 15 melhores duplas do ranking olímpico internacional; vencendo uma das edições da Continental Cup (América do Norte, América do Sul, África, Ásia e Europa). O Japão, sede, tem uma dupla em cada naipe já garantida.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO DA CORRIDA OLÍMPICA BRASILEIRA
Ana Patrícia/Rebecca - 3.040 pontos
Ágatha/Duda - 2.880 pontos
Carol Solberg/Maria Elisa - 2.160 pontos
Talita/Taiana - 2.080 pontos
Fernanda Berti/Bárbara Seixas - 1.520 pontos


Comente aqui