Data: 21/08/2019 10:47 / Autor: Edmundo Dantas / Fonte: Agência AutoMotrix

Volksbus - Vira virou

Volkswagen Caminhões e Ônibus inova com terceiro eixo direcional dianteiro em ônibus de quinze metros com motor frontal


Volkswagen apresenta ônibus de quinze metros e terceiro eixo direcional dianteiro
Volkswagen apresenta ônibus de quinze metros e terceiro eixo direcional dianteiro

Crédito: Divulgação

O Seminário Nacional NTU, promovido pela Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) - entidade de classe que representa as operadoras de ônibus urbanos e metropolitanos -, aconteceu nos dias 20 e 21 de agosto, em Brasília, e teve como tema “Inovação e Reinvenção: O Futuro do Transporte Público na Perspectiva da Sociedade”. Entre os expositores do evento, a Volkswagen Caminhões e Ônibus foi responsável por uma das grandes novidades. Em avant-première, a montadora que tem fábrica no município fluminense de Resende exibiu seu primeiro chassi que permite encarroçamento com quinze metros com motorização dianteira. Mas a principal inovação do modelo é o posicionamento do terceiro eixo direcional na dianteira.

O novo chassi foi apresentado no evento em uma vistosa carroceria amarela Caio Apache Vip IV. Desenvolvido em parceria com a BMB, empresa responsável pelas modificações mais específicas da montadora, o inusitado terceiro eixo direcional frontal permite que o chassi tenha uma capacidade de carga de vinte e duas toneladas, algo que, segundo a Volkswagen Caminhões e Ônibus, possibilita as mais diversas configurações de acordo com a necessidade da operação. O sistema de terceiro eixo direcional também não agrega peso significativo ao veículo e não interfere no encarroçamento.

O novo Volksbus é equipado ainda com suspensão pneumática e motorização MAN D08, umas das combinações que oferecem a melhor relação de custo-benefício para o segmento. Uma das principais vantagens do D08 é que o motor não precisa ser abastecido com Arla 32 devido a sua tecnologia EGR de tratamento dos gases. Além da redução no custo operacional, isso garante um melhor aproveitamento do espaço no chassi, pois não há o tanque extra.

Conforme a fabricante, o motor já é consagrado na América Latina e tem bom desempenho mesmo em baixas rotações. Em sua versão Euro 5, o MAN D08 está disponível em configurações de quatro cilindros com potência de 190 ou 230 cavalos e de seis cilindros para gerar 260 ou 280 cavalos. Ainda de acordo com a Volkswagen Caminhões e Ônibus, ambas as configurações garantem uma série de benefícios como baixo nível de ruído e consumo de combustível, maior intervalo de manutenção e menor emissão de poluentes. O motor MAN D08 atualmente equipa cerca de 45% do portfólio da Volkswagen. “A premissa da VW é aumentar o conforto com o melhor custo-benefício ao cliente. É por isso que oferecemos um portfólio de soluções desde micros até os veículos de maior capacidade, de modo que os operadores possam adequar-se à demanda e sazonalidade de cada operação”, explica Jorge Carrer, gerente executivo de Vendas de Ônibus da VWCO.

Crédito: Divulgação

Comente aqui