Data: 15/01/2020 10:36 / Autor: Kreitlon Pereira / Fonte: Via Streaming

Via Streaming - Dica da Semana: “Good Girls”

Filme de Tarantino mistura a ficção com a realidade parar recontar o final dos anos 60


Ao longo de três temporadas, a produção da NBC intitulada “Good Girls” conseguiu acumular elogios dos críticos e do público por apresentar um conteúdo que remete a “Breaking Bad” mas também aborda assuntos como o feminismo e a busca por independência. Com dez episódios, apresenta uma perfeita mistura de suspense e comédia que atraiu a Netflix, dona dos direitos de divulgação para o resto do mundo.

A série acompanha a história das irmãs Beth (Christina Hendricks) e Annie (Mae Whitman) que, junto com a amiga Ruby (Retta), decidem assaltar o supermercado do subúrbio onde vivem. Apesar de parecer absurda, quando o banco ameaça tomar a casa de Beth pela hipoteca não paga, o ex-namorado de Annie entra com uma ação judicial pela custódia da filha e o seguro de saúde não consegue cobrir um tratamento para doença da filha de Ruby; a ideia de roubar o supermercado se torna a forma mais rápida de conseguirem o dinheiro. No entanto, nenhuma das mulheres entende do assunto e rapidamente encontram problemas: a loja era usada para lavar o dinheiro de uma gangue e a tatuagem de Annie expõe sua identidade para o gerente, Boomer (David Hornsby).

Por alguns dias, o trio acredita que conseguirá sair impune e nunca mais terá problemas financeiros, pois a quantia obtida no assalto foi muito maior do que a esperada. Porém, quando suas famílias começam a questionar a origem do dinheiro e o chefe da organização criminosa que operava no mercado - Rio (Manny Montana) - ameaça matá-las se não devolverem os dólares roubados, elas entram em pânico e concordam em pagar a diferença com serviços para gangue. No entanto, o que era para ser um evento isolado se transforma num verdadeiro esquema criminoso à medida que o poder e o perigo se tornam cada vez mais atraentes para Beth, uma dona de casa infeliz com sua posição no núcleo familiar.

Crédito: Divulgação

Comente aqui