Data: 17/02/2020 16:44 / Autor: Kreitlon Pereira / Fonte: Via Streaming

Via Streaming - Dica da Semana: “Adeus, Lenin!”

História da família que esconde da mãe a queda do regime socialista na Alemanha Oriental do final dos anos 1980 é, ao mesmo tempo, comovente e divertida


 “Adeus, Lênin!” é uma comédia alemã lançada em 2003 e que se passa logo após a queda do muro de Berlim, em 1989. Escrito e dirigido por Wolfgang Becker, o filme fez muito sucesso com o público e com a crítica, tendo sido indicado ao Globo de Ouro e ao Oscar de 2004 na categoria de Melhor Filme Estrangeiro. Por conta da sua abordagem cômica sobre um tema tão importante da história mundial, “Adeus, Lênin!” é um longa fundamental para aqueles que se interessam e estudam sobre o tema. Pode ser assistido via streaming no Now e na Amazon Prime Video.

 A trama gira em torno da família Kerner, que logo no início dos anos 1980 sofreu uma grande perda com o abandono parental por parte do pai da família. Depois do pai abandoná-los para morar na Alemanha Ocidental, os filhos Alexander e Ariane são criados somente pela mãe, Christiane. Ela é uma fervorosa apoiadora dos ideais socialistas e do Partido Socialista da Alemanha Oriental, com uma intensidade aparentemente compensatória pelo abandono sofrido pelo marido.

 A história começa mesmo quando Alexander, já adolescente, é preso pela polícia ao participar de uma manifestação contra o governo socialista. Por conta disso, a mãe acaba tendo um infarto e entra em coma durante oito meses. Nesse tempo em que estava desacordada, o mundo que Christiane conhecia mudou completamente, começando pela queda do muro de Berlim e a unificação das duas Alemanhas, reagrupadas em uma só nação sob o sistema capitalista. Porém, quando ela acorda, o médico avisa que a sua condição ainda é muito frágil e, por isso, deve evitar emoções fortes. Em um misto de culpa e preocupação, os filhos simulam um mundo de fantasia no qual o regime socialista ainda vigora para que a mãe não perceba que aquela realidade na qual acreditou a vida inteira simplesmente não existe mais. Ao mesmo tempo, Alex e Ariane aproveitam a reunificação da Alemenha para ir em busca do pai e tentar descobrir o real motivo dele ter abandonado a família. Por sua abordagem peculiar de um tema raramente visto nos filmes, “Adeus, Lênin!” vale cada minuto de suas duas horas de duração.

Crédito: Divulgação

Comente aqui