Data: 28/10/2020 09:18 / Autor: Kreitlon Pereira / Fonte: Via Streaming

Via Streaming - “Campo Grande” - Pelas linhas do trem

Aclamado longa de Sandra Kogut sobre a realidade carioca chega à Netflix


Imortalizado na Bossa Nova e no carnaval, o Rio de Janeiro é um importante centro cultural e econômico brasileiro. A cidade sofre de problemas crônicos com relação à desigualdade regional, evidências de que, fora da zona sul, a palavra “maravilhosa” ganha outro sentido. Nesse sentido, o filme “Campo Grande” de Sandra Kogut é um perfeito retrato das realidades antagônicas que, de alguma forma, convivem na metrópole carioca. Vencedor do Festival Rio de Cinema em 2016, o longa estará disponível na Netflix a partir do dia 30 de outubro.

Com apenas a roupa do corpo, a mochila escolar e um bilhete de loteria rabiscado, Rayne (Rayne do Amaral) é abandonada na portaria de um prédio em Ipanema. Entre os rabiscos há o nome de Regina (Carla Dias), uma dona de casa recém-divorciada, ressentida pela decisão da filha de morar com o pai e por precisar sair do apartamento em que vivia desde pequena. Sem saber quem é aquela menina maltrapilha que foi instruída pela mãe a permanecer ali, Regina também não demonstra o menor interesse em descobrir, pois acredita já possuir problemas demais. No entanto, com a chegada de Ygor (Ygor Manoel), irmão de Rayne, torna-se impossível ignorar a questão e ela pede que a empregada cuide das crianças enquanto ela busca uma solução.

O que Regina quer é uma forma rápida de retirar esses dois pequenos intrusos de sua vida e, por um breve momento, até consegue levar Rayne para um abrigo de adoção. Mas a teimosia de Ygor – determinado a se reencontrar com a mãe – e os constantes olhares desgostosos da filha (Julia Bernat), levam essa mulher extremamente elitista a embarcar numa jornada pelo subúrbio carioca. Assim, Regina finalmente é obrigada a lidar com um Rio de Janeiro que sempre escolheu ignorar, mas que, como ela, tenta se reinventar em meio ao caos.

Crédito: Divulgação

Comente aqui