Data: 15/01/2020 10:48 / Autor: Edmundo Dantas / Fonte: Agência AutoMotrix

Na vanguarda da retomada

A Mercedes-Benz emplacou quase 30 mil caminhões em 2019 e liderou as vendas no Brasil pelo quarto ano seguido


Presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO da América Latina, Philipp Schiemer
Presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO da América Latina, Philipp Schiemer

Crédito: Divulgação

Em um ano em que o setor de caminhões de tornou o grande destaque da indústria automotiva brasileira, a Mercedes-Benz liderou as vendas no Brasil pelo quarto ano consecutivo. O volume total de caminhões acima de 3,5 toneladas empacados no país em 2019 foi de 101.330 unidades, um aumento de aumento de 33% em comparação a 2018. No mesmo período, foram licenciadas 29.950 Mercedes-Benz, o que significa um crescimento de 42% sobre os 21.150 emplacados em 2018, resultado que garantiu à marca alemã quase 30% de participação no mercado. “Nos últimos anos, temos aumentado a nossa liderança porque estamos fazendo a lição de casa. Continuamos ouvindo os clientes de todos os cantos do Brasil, buscando entender cada vez mais o que eles demandam em nossos veículos e serviços. Isso ocorreu, por exemplo, com o transporte de grãos, cana-de-açúcar, mineração, bebidas e comércio eletrônico, atividades que puxaram as vendas em 2019”, comemora Philipp Schiemer, presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO América Latina.

Com 3.700 unidades emplacadas, o Actros 2651 foi, pelo segundo ano seguido, o caminhão Mercedes-Benz mais vendido no país. “O Actros 2651 é um caminhão com total aprovação no transporte de grãos, atividade do agronegócio vital para a economia do Brasil. Esse resultado impulsiona ainda mais a chegada do novo Actros, que será entregue aos clientes a partir de abril de 2020, oferecendo mais valor agregado em performance, economia, segurança e conforto, além de garantir mais conectividade e interatividade entre o motorista, o gestor da frota, o operador logístico e o cliente final”, explica Roberto Leoncini, vice-presidente de Vendas e Marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.

Outra notícia boa para a Mercedes-Benz em 2019 é que a marca praticamente dobrou as vendas de Planos de Manutenção. Foram 10.460 contratos assinados sobre os 5.370 planos de 2018.  No balanço do ano, destaque ainda para a participação de 38% de Planos de Manutenção sobre o total de caminhões emplacados pela marca no Brasil. Em 2019, as ativações do Fleetboard, o sistema de gestão de frota e rastreamento da marca, ficaram acima de 40% sobre o total de caminhões Mercedes-Benz emplacados. Foram mais de 5.560 ativações, 5% a mais sobre as 5.300 de 2018. A solução completa oferecida pela marca inclui ainda o atendimento aos clientes cada vez mais próximo de suas operações de transporte. Além das cento e oitenta unidades da Rede de Concessionários, a Mercedes-Benz tem hoje oitenta e cinco oficinas dedicadas dentro das instalações dos clientes, o que eleva para duzentos e sessenta e cinco os pontos de atendimento, alcançando abrangência nacional junto às principais rotas de transporte e logística.

De acordo com o presidente da Mercedes-Benz do Brasil e CEO da América Latina, a expectativa no setor é que o ano de 2020 seja ainda melhor para as vendas de caminhões. “Acreditamos que as renovações de frota acontecerão em uma velocidade maior e em um tempo menor, o que manterá as vendas de caminhões aquecidas no país. Além dos segmentos citados, que continuarão em alta, notamos sinais de aquecimento na construção civil, obras de infraestrutura, cargas industriais, consumo das famílias e distribuição urbana. É por isso que temos de acompanhar atentamente e entender o que está acontecendo no mercado. Como marca líder, temos de ter as soluções para as atuais e as novas demandas dos clientes”, destaca Schiemer.

Comente aqui