Data: 17/11/2019 09:56 / Autor: / Fonte: ABCdoABC

UFC SÃO Paulo Morno; no Card Principal só Charles do Bronx fez festa

Jan Blachowicz estragou a estreia de Jacaré Souza em decisão dividida, mas não impressionou; Shogun e Paul Craig termina em empate sem emoção; festa ficou reservada para Charles do Bronx


O principal evento dos meio-pesados entre Jan Blachowicz e Ronaldo "Jacaré" Souza não impressionou a torcida neste sábado no UFC Fight Night, em São Paulo. Ronaldo Jacaré foi derrotado por Jan Blachowicz em decisão dividida e, no co-main event, Apesar da vitória pouco convincente, em sua entrevista pós-luta, Blachowicz pediu uma luta contra o campeão da divisão, Jon Jones. Shogun em duelo morno contra Paul Craig, acabou em empate, para a frustração do público presente no Ginásio do Ibirapuera. Já Charles do Bronx deu show e derrotou Paul Craig por nocaute no primeiro round, somando sua sexta vitória consecutiva.

AS LUTAS

Ronaldo Jacaré derrotado por Jan Blachowicz
Jacaré abriu a luta agressivamente, tentando colocar Blachowicz pressionado contra a grade. Suas tentativas de levar a luta para o chão não tiveram sucesso e os lutadores ficaram em uma morna trocação em pé. No segundo e terceiro round, acompanhado por vaias da torcida, seguiu o mesmo enredo. Jacaré adotou a tática de tomar conta do centro do cage mas não demonstrou eficiência até o final da luta. Resultado: decisão dividida dos jurados com vitória de Blachowicz.

Shogun e Craig termina em empate
Mauricio Shogun, que já foi campeão dos meio-pesados e voltou a lutar após quase um ano de ausência por causa de lesão, empatou com Paul Craig e ficou um pouco decepcionado. "Acho que eu venci os dois últimos rounds. O resultado foi injusto", comentou o brasileiro.

Charles do Bronx salva a noite brasileira
Charles do Bronx deu um show no octógono e emendou sua sexta vitória seguida. Ele nocauteou Jared Gordon, para delírio dos torcedores brasileiros. "Eu nunca fui de escolher adversário, mas agora vou dizer: pode vir Conor McGregor", gritou o lutador, levantando novamente a plateia.

ATLETAS COMENTAM

Charles Oliveira
 “Eu vim para o UFC para fazer história. Eu nunca pedi bônus em cima do octógono, sempre foquei na vitória. E essa semana todo mundo me procurou me perguntando se seria nocaute ou finalização. Eu disse que não importava, só queria vencer. Meu treinador, inclusive, falou o tempo todo para que eu não buscasse o nocaute, porque ele iria acontecer naturalmente.
Nunca desafiei oponentes, sempre aceitei todas as lutas. Mas agora está na hora e por isso falei o nome do Conor McGregor e do Paul Felder, que foi o último cara que me venceu. Quero provar lá em cima que faço parte do grupo dos melhores atletas dessa divisão. Não estou machucado, não tenho nada, segunda-feira estarei na academia treinando.

Mauricio Shogun
“Foi nítido que ele venceu o primeiro round e eu venci os outros dois. Achei totalmente injusto.”

Paul Craig
“Eu vim para o Brazil e saí com um empate contra uma lenda brasileira. Eu apenas gostaria de ter feito mais, eu deveria ter feito melhor.”

Jan Blachowicz
 “Eu venci a luta. O Jacaré é um oponente muito duro, mas o que importa é que venci. Se o Jon Jones quiser, eu estou pronto para lutar pelo cinturão com ele.”

Ronaldo Jacare
 “Lutas apertadas são assim, faz parte. Eu sofri com lesões no último mês que quase me tiraram dessa luta. Peço desculpas aos fãs, mas agradeço pela oportunidade de estar aqui.”

CONFIRA TODAS AS LUTAS DO EVENTO:

CARD PRINCIPAL
Jan Blachowicz venceu Ronaldo Jacaré por decisão dividida (48-47, 47-48 e 48-47)
Maurício Shogun x Paul Craig foi declarada empate dividido (29-28, 28-29 e 28-28)
Charles do Bronx venceu Jared Gordon por nocaute a 1m26s do primeiro round
André Sergipano venceu Antônio Arroyo por decisão unânime (triplo 30-27)
Wellington Turman venceu Markus Maluko por decisão unânime (triplo 30-27)

CARD PRELIMINAR
James Krause venceu Serginho Moraes por nocaute aos 4m19s do terceiro round
Ricardo Carcacinha venceu Eduardo Garagorri por finalização aos 3m57s do primeiro round
Francisco Massaranduba venceu Bobby Green por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Randy Brown venceu Warlley Alves por finalização a 1m22s do segundo round
Douglas D'Silva venceu Renan Barão por decisão unânime (30-27, 30-27 e 30-26)
Ariane Lipski venceu Isabela de Pádua por decisão unânime (30-26, 30-26 e 29-27)
Tracy Cortez venceu Vanessa Melo por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

Charles do Bronx deu um show no octógono
Charles do Bronx deu um show no octógono

Crédito: UFC

Comente aqui