Data: 05/03/2021 08:29 / Autor: Redação

Tudo o que você precisa saber sobre arquitetura hospitalar

Conheça as principais informações sobre os projetos e a arquitetura dos hospitais


Os hospitais são ambientes que devem proporcionar bem-estar, conforto e segurança para os funcionários e pacientes. Para isso, toda a arquitetura hospitalar é desenvolvida através de estratégias e exigências específicas, que visam atingir esses objetivos.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) é responsável pelas exigências e especificações, que regem as normas de cada um dos setores referentes à saúde. 

Referente aos hospitais, a ANVISA desenvolveu o Manual Prático para Arquitetura em Hospitais, que tem como objetivo regulamentar os projetos arquitetônicos e de design do ambiente hospitalar.

A função da arquitetura hospitalar

Com o avanço da tecnologia, cada vez mais a arquitetura dos hospitais tem evoluído, tornando-se mais funcionais, úteis e racionais. 

Os projetos hospitalares devem ser idealizados de forma para aproveitar o espaço de forma racional, facilitando a locomoção, humanizando o trabalho dos funcionários e consequentemente melhorando a visita do paciente.

As construções, ou mudanças e reformas só podem ser realizadas de acordo com o Manual Prático para Arquitetura em Hospitais, com profissionais especializados no assunto. Além disso, todo o mobiliário hospitalar deve ser pensado de acordo com os objetivos do projeto.

As tendências da arquitetura hospitalar

Como foi evidenciado anteriormente, os avanços tecnológicos têm trabalhado lado a lado com a arquitetura hospitalar, e os profissionais especializados nessa área devem estar atentos às tendências.

Uma tendência que podemos apontar, sem dúvida, é a utilização dos vidros, por muitos motivos. A transparência que o material oferece, auxilia diretamente na claridade, e principalmente na aproximação entre pacientes, médicos e acompanhantes, visto que o vidro permite a comunicação através do visual.

Outra excelente característica desse material, é a facilidade para limpeza, o que é muito importante em um ambiente onde a limpeza e higienização é prioridade.

Os especialistas devem estar atentos também ao tráfego de pessoas, para escolher corretamente o material que deve ser utilizado para o piso, as cores das paredes, e principalmente na distribuição do espaço, para que as pessoas possam transitar de forma segura e confortável.

Por fim, outro ponto que não pode deixar de ser observado sobre a arquitetura dos hospitais, é a escolha dos materiais para os ambientes de contaminação e radiação, por exemplo. O arquiteto e os profissionais devem sempre estar atentos a esse detalhe, principalmente em móveis para quarto de hospital.

Comente aqui