Data: 12/12/2019 10:54 / Autor: Luiz Humberto Monteiro Pereira / Fonte: Agência AutoMotrix

Em todas as direções

Volkswagen Caminhões e Ônibus anuncia investimento em mobilidade elétrica, cresce no setor de distribuição de bebidas e vence nova licitação de ônibus do Caminho da Escola


Fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende
Fábrica da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende

Crédito: Divulgação

A Volkswagen Caminhões e Ônibus não tem do que reclamar em 2019. Os caminhões das marcas Volkswagen e MAN vêm obtendo bons resultados em diversos segmentos, notadamente no de distribuição de bebidas, com os modelos Delivery, Constellation e TGX. No setor de ônibus, os modelos Volksbus venceram uma nova licitação para entregar 3.600 unidades ao programa governamental Caminho da Escola. E a empresa acaba de anunciar o investimento de R$ 110,8 milhões para a expansão do negócio de caminhões elétricos no Brasil.

O novo investimento destina-se à adaptação do centro de desenvolvimento e produção da Volkswagen Caminhões e Ônibus em Resende, no Sul do Estado do Rio de Janeiro, para pesquisa, desenvolvimento e lançamento do e-Delivery. Até o fim de 2019, dezessete protótipos do caminhão elétrico leve farão o teste de validação e avaliação de engenharia com objetivo de viabilizar a homologação e início da produção, prevista para o segundo semestre de 2020.  “Estamos muito avançados no desenvolvimento do nosso portfólio elétrico. Alcançamos uma grande maturidade com o conceito modular para elétricos, o que nos possibilitará entregar o desempenho operacional exigido pelos nossos clientes. A fase agora foca na validação estrutural, de durabilidade e outros requisitos funcionais para, então, expandirmos nossos testes em parceria com clientes”, explica Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus.

A Cervejaria Ambev anunciou que terá mais de um terço da frota composta por pelo menos 1.600 caminhões Volkswagen elétricos até 2023. E o e-Delivery de 14 toneladas, também para seis paletes, será o primeiro caminhão elétrico brasileiro produzido no Brasil a partir de 2020. Um e-Delivery já opera na distribuição de bebidas da Ambev em São Paulo. Em um ano, o modelo rodou mais de 15 mil quilômetros em testes de engenharia e condições reais de aplicação, deixando de emitir mais de 11 toneladas de CO² e economizando o equivalente a mais de 3.300 litros de diesel. Os recém-montados protótipos de caminhões elétricos eDelivery já trazem em sua configuração componentes de parceiros e fornecedores do chamado eConsórcio.

Se no setor de caminhões elétricos o futuro parece promissor, no setor de ônibus a Volkswagen já está colhendo os resultados agora. A empresa acaba de vencer a licitação para ampliar sua presença de destaque no programa federal Caminho da Escola: mais 3.600 Volksbus já podem ser adquiridos por prefeituras e Estados de todo o país para o transporte de estudantes. O lote de veículos disponíveis para aquisição é dividido entre o 8.160 ODR ORE1 e o 15.190 ODR ORE3 (Ônibus Rural Escolar) para vinte e nove e cinquenta e nove alunos, respectivamente. Além de 1.600 unidades de cada configuração mencionada, a empresa conquistou a licitação para venda de lote de quatrocentas unidades do Volksbus 8.160 OD ONUREA Piso Alto (Ônibus Urbano Escolar Acessível, que transporta trinta alunos), alcançando a soma de 3.600 ônibus escolares VW. A fabricante é líder absoluta no fornecimento de veículos ao programa Caminho da Escola e este ano celebrou o marco de mais de 20 mil unidades entregues para o transporte de estudantes nos pontos mais remotos do Brasil.

Para brindar tantos bons resultados, sugestivamente a Volkswagen Caminhões e Ônibus celebra o sucesso de seus caminhões na distribuição de bebidas. Em 2019, mais de 1.500 modelos VW Delivery e Constellation e MAN TGX foram entregues em toda a América Latina. No Brasil, principal mercado da marca, 1.100 caminhões VW entraram em operação. Outros quatrocentos veículos também já rodam em ruas e estradas da região, com destaque para países como Colômbia, México e Paraguai. Dentre os clientes estão os maiores produtores de bebidas do mundo, que apostam na parceria com a VW Caminhões e Ônibus para renovar suas frotas Brasil afora. E é justamente no período de festas de fim de ano e férias de verão que se intensificam as entregas de bebidas. “Os clientes deste segmento são extremamente exigentes em relação a metas relacionadas à sustentabilidade, meio ambiente e TCO, ou custo total de operação, na tradução. Por isso, liderar esse segmento mostra nosso compromisso com a excelência e robustez dos caminhões VW, itens que os tornaram os favoritos do mercado”, comemora Cortes.

Comente aqui