Data: 11/01/2022 09:12 - Alterado em: 25/01/2022 17:40 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado

Do teatro ao grafite: Oficinas Culturais têm programação diversa em janeiro

Os ateliês de criação cênica compõem o projeto “Didática da Encenação”, coordenado por Cacá Toledo, e recebem inscrições até 29/01


Em janeiro, a Oficina Cultural Oswald de Andrade recebe o espetáculo “Grão”
Em janeiro, a Oficina Cultural Oswald de Andrade recebe o espetáculo “Grão”

Crédito: Keiny Andrade

As Oficinas Culturais, programa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e gerenciado pela Poiesis, irão oferecer atividades variadas de modo presencial e virtual nas três unidades do programa que ficam na capital paulista (Alfredo Volpi, Juan Serrano e Oswald de Andrade). Toda programação é gratuita.

Na Oficina Cultural Oswald de Andrade, o teatro é a linguagem em destaque. Até o dia 29 de janeiro, profissionais e estudantes das artes cênicas (atores, bailarinos, performers, circenses, músicos e artistas visuais), de produção, iluminação, cenografia e preparação corporal, que tenham experiência em teatro, poderão se inscrever na oficina e ateliês que compõem o projeto “Didática da Encenação”.

 Coordenado por Cacá Toledo, da Cia Aberta de Teatro, o projeto contempla a montagem de um espetáculo teatral a partir da integração de diversas oficinas, cada qual abordando uma área específica da criação cênica dentro de um projeto de encenação do texto teatral “A Morta”, de Oswald de Andrade. O projeto tem duração de 5 meses, com a temporada de estreia prevista para maio, ocupando, de maneira itinerante, os distintos espaços da Oswald de Andrade. Para saber mais sobre o processo de inscrição e seleção acesse o site das Oficinas Culturais.

Para quem prefere assistir, até 10 de fevereiro a Oswald de Andrade recebe o espetáculo teatral “Grão”, apresentado pelo Núcleo Macabéa. A peça acontece no chão estrelado, em que se ouve, ao longe, o vozeio afro-ameríndio de um menino errante que corre na imensidão, narrando a desventura de sua gente, encruzando os tempos na travessia, evocando terras e reminiscências nos espaços mais longínquos da memória. Apresentações presenciais de segunda a sexta, das 20h às 21h30, e aos sábados, das 18h às 19h30. Os interessados precisam retirar os ingressos com uma hora de antecedência.

Outro destaque da programação é a exposição presencial “Violência em Preto e Branco”, do artista visual Alvo. Composta por oito obras de materiais retirados da região têxtil no bairro do Bom Retiro, fotografias do processo, instalações com projeções mapeadas, telas de 50x60cm de pinturas em preto e branco e um curta-metragem sobre o cotidiano da violência doméstica da cidade de São Paulo, a exposição busca mostrar o que é nascer, viver e morrer sob a aba do machismo estrutural. A exposição pode ser visitada até o dia 5 de fevereiro.

Com foco na Cultura Negra, a Oficina Cultural Alfredo Volpi recebe até o dia 11 de fevereiro a exposição “Raízes - EwèEwè, Sem Folha Não Tem Essência”. As obras da artista Bel Obaluânge buscam mostrar a relação entre os orixás e a natureza e irão nortear outras atividades na Alfredo Volpi. No dia 29 de janeiro, às 15h, a atividade híbrida “Orixás e Natureza” convida o público a viajar pela obra de Bel Obaluânge através de cantigas e histórias sobre os Orixás, ligadas à tradição oral da cultura de matriz afro-brasileira.

 O encontro contará com a participação de um músico convidado e será coordenados pela atriz Patrícia Ashanti. Além disso, interessados poderão participar de uma visita guiada pela própria artista à exposição no dia 27 de janeiro, a partir das 15h.

Já na Oficina Cultural Maestro Juan Serrano o destaque é a atividade “Processo de Criação em Grafite”, realizada no dia 25 de janeiro, das 14h às 17h. Nessa atividade híbrida (na Oficina Cultural e no Facebook), a artista visual Soberana Ziza propõe uma reflexão sobre a importância das mulheres na história do município. A artista visual irá retratar em um painel Deolinda Madre, conhecida como Madrinha Eunice, a primeira mulher a presidir uma escola de samba representando diversas mulheres, a Lavapés de São Paulo.

A atividade faz parte do projeto 468 Anos da Cidade de São Paulo: Integração Cultural, ação da Oficina Cultural Maestro Juan Serrano com programação especial para o Aniversário da cidade de São Paulo.

Todos os visitantes dos equipamentos culturais gerenciados pela POIESIS deverão apresentar o comprovante de vacinação com as duas doses. (Decreto 60.989 da PMSP).

SERVIÇO:

Oficina Cultural Oswald de Andrade

EXPOSIÇÃO: VIOLÊNCIA EM PRETO E BRANCO

Artista: Alvo

Em cartaz até 5/2

Visitas de segunda a sexta-feira, das 10h às 21h. Sábado, das 11h às 18h.

Público: Interessados em geral

Participação: Aberta ao Público

Indicação: maiores de 16 anos

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade - Rua Três Rios, 363 - Bom Retiro - São Paulo/SP

ESPETÁCULO: GRÃO

Núcleo Macabéa

Até 10/2 -- segunda a sexta -- 20h às 21h30 | Sábados -- 18h às 19h30

Público: Interessados em geral a partir de 14 anos.

30 espectadores - Retirar ingressos com uma hora antes do início do espetáculo.

Local: Oficina Cultural Oswald de Andrade - Rua Três Rios, 363 - Bom Retiro - São Paulo/SP

Realização: Núcleo Macabéa e Fomento à Cultura da Periferia da Cidade de São Paulo da Secretaria Municipal de Cultura. 

A MORTA: PROJETO DIDÁTICA DA ENCENAÇÃO

Direção: Cacá Toledo (Cia Aberta de Teatro)

De 17 de janeiro a 28 de maio de 2022

Temporada de apresentações (prevista) | 11 a 28/5 - Quarta a sábado em horário a definir.

Inscrições para oficina e ateliês até 29 de janeiro.

Indicação: Maiores de 18 anos.

*Os ateliês são destinados aos interessados em acompanhar como estagiários da área.

**Após a 1º fase de seleção, os participantes serão chamados para uma conversa com coordenador (a) do ateliê.

OFICINA DE DIREÇÃO E INTERPRETAÇÃO TEATRAL

Coordenação: Cacá Toledo

07/02 a 28/5 | Ensaios e criação - Segundas e terças-feiras das 14h às 19h

Seleção: Análise da ficha de inscrição

Inscrição: Clique aqui.

44 vagas | Gratuito

Após a primeira fase de seleção, os participantes serão chamados para o processo de audição. O resultado será divulgado até o início de fevereiro.

ATELIÊ DE CENOGRAFIA E CENOTÉCNICA

Coordenação: Murillo Carraro

17/1 a 28/5 | Ensaios e criação - Segundas e terças-feiras das 14h às 19h.

Seleção: Análise de currículo | Carta de interesse

2 vagas | Gratuito

Inscrição: Clique aqui.

ATELIÊ DE DIREÇÃO MUSICAL E TRILHA SONORA

Coordenação: Felipe Antunes

17/1 a 28/5 | Ensaios e criação - Terças e quartas-feiras das 14h às 19h

Seleção: Análise de currículo | Carta de interesse

30 vagas | Gratuito

Inscrição: Clique aqui.

ATELIÊ DE ILUMINAÇÃO

Coordenação: Aline Santini

17/1 a 28/5 | Ensaios e criação - Segundas e quartas-feiras das 14h às 19h;

Seleção: Análise de currículo | Carta de interesse

2 vagas | Gratuito

Inscrição: Clique aqui.

ATELIÊ DE PREPARAÇÃO CORPORAL E DIREÇÃO DE MOVIMENTO

Coordenação: Claudia Nwabasili | Roges Doglas (Cia Pé No Mundo)

17/1 a 28/5 | Ensaios e criação - Segundas, quartas e sextas-feiras das 14h às 16h30

Seleção: Análise de currículo | Carta de interesse

2 vagas | Gratuito

Inscrição: Clique aqui.

ATELIÊ DE PRODUÇÃO

Coordenação: Jota Rafelli e Rafael Petri

17/1 a 28/5 | Ensaios e criação - Segundas e quartas-feiras das 14h às 19h

Seleção: Análise da ficha de inscrição

2 vagas | Gratuito

Inscrição: Clique aqui

Oficina Cultural Alfredo Volpi

VISITA GUIADA COM A ARTISTA BEL OBALUÂNGE

27/1 -- Quinta-feira -- 15h

Atividade presencial | Aberta ao Público

Local: Oficina Cultural Alfredo Volpi - Rua Américo Salvador Novelli, 416 - Itaquera - São Paulo/SP

ORIXÁS E A NATUREZA

Com: Patrícia Ashanti

29/1 -- Sábado -- 15h às 16h

Atividade Livre | Sem inscrição

Presencial: Oficina Cultural Alfredo Volpi - Rua Américo Salvador Novelli, 416 - Itaquera - São Paulo/SP

Online: Instagram @patricia_ashanti 

EXPOSIÇÃO: RAÍZES -- EWÈ EWÈ, SEM FOLHA NÃO TEM ESSÊNCIA

Artista: Bel Obaluânge

Em cartaz até 11/2

Presencial: De terça a sexta, das 11h às 17h.

Local: Oficina Cultural Alfredo Volpi - Rua Américo Salvador Novelli, 416 - Itaquera - São Paulo/SP.

*Agendamento necessário apenas para grupos a partir de 6 pessoas, com antecedência mínima de 24h através do contato (11) 2205-5180.

Online: Disponível para acessar clicando aqui

Oficina Cultural Maestro Juan Serrano

SOBERANA ZIZA E A IMPORTÂNCIA DAS MULHERES NA HISTÓRIA DE SÃO PAULO -- PROCESSO DE CRIAÇÃO EM GRAFITE

Coordenação: Soberana Ziza

25/1 -- Terça-feira -- 14h às 17h

30 vagas | Atividade Livre

On-line: Transmissão através do Facebook @OficinasCulturais

Local: Oficina Cultural Juan Serrano - Rua Joaquim Pimentel, 200 -- Cohab Taipas -- São Paulo

*Público presencial: deverá respeitar e seguir todos os protocolos adotados pela Oficina Cultural. **A prioridade para a presença será por agendamento seguida da ordem de chegada, agendamentos que não estiverem presentes até 13h45, serão dispensados.
Informações e agendamentos através do WhatsApp (11) 3971-3640.

Comente aqui