Data: 16/11/2020 10:44 / Autor: Redação / Fonte: Sesc São Paulo

Sesc São Paulo apresenta projeto que disponibiliza jogos para download gratuito

A programação traz ações socioeducativas por meio de narrativas plurais em videogame popular, iniciando com um ciclo de debates, em novembro


Sesc São Paulo apresenta “Lugar de Jogo”, projeto que disponibiliza jogos para download gratuito
Sesc São Paulo apresenta “Lugar de Jogo”, projeto que disponibiliza jogos para download gratuito

Crédito: Divulgação

O Sesc São Paulo realiza em parceria com a Game e Arte – Jaderson Souza e Tainá Felix – na curadoria, o projeto “Lugar de Jogo”, uma programação gratuita e em ambiente virtual, que reúne as interfaces dos videogames, da cultura, das tecnologias e artes pelo viés da pluralidade de narrativas desenvolvidas sob o olhar da diversidade. Além de jogos disponíveis para download, entre os dias 17 de novembro e 1º de dezembro, acontece o ciclo de debates pelo Centro de Pesquisa e Formação, com inscrições já abertas no portal: sescsp.org.br/cpf.

A proposta, com base em padrões não hegemônicos, é o estímulo à reflexão e construção de espaços de fala e escuta à diversidade e o protagonismo da representatividade popular, com recorte sobre as histórias das comunidades contadas por meio dos videogames.

Por essa perspectiva, foram selecionados 12 jogos de diferentes jogabilidades, narrativas e design criados por coletivos, estúdios e artistas de diversas regiões brasileiras. Nos dias 17, de novembro e dezembro de 2020 e dia 19 janeiro de 2021, os lotes mensais, com 4 jogos cada, ficam disponíveis para download na plataforma Sesc Digital: sescsp.org.br/lugardejogo.

Os Jogos – Programação de Novembro

Disponíveis a partir de 17 de novembro:

“Bright Days in Quarantine”

Estúdio Delta Arcade (RJ)

No mundo onde você tem que ficar em casa para ajudar a combater uma terrível pandemia, revisite hobbies antigos e encontre prazer nas pequenas coisas neste shelter – abrigo, jogo de sobrevivência

“Florescer”

Estúdio PugCorn (SP)

“Florescer” é um serious game – jogo sério, de abordagem educacional – desenvolvido em conjunto com a Casa de Acolhida a Mulheres Transsexuais e Travestis Florescer. O objetivo é estimular a reflexão e a empatia dentro do tema da diversidade de gênero, vivendo a história da personagem adolescente trans Bia.

“Gardenia”

Estúdio Enric Llagostera (RS)

“Gardenia” é um jogo contemplativo e minimalista de construção territorial e pequenos mundos.

“Guardiões da Amazônia”

Estúdio Wolftiger Studios (PR)

“Guardiões da Amazônia” é um jogo estilo tower defense – defesa de torres –, em que o jogador defende a floresta, controlando fauna, flora e mitos contra as investidas de caçadores, agroquímicos e incendiários que querem desmatar e explorar a floresta amazônica.

Ciclo de Debates

Mesa 1 - Em jogo: Interfaces entre jogos, arte e cultura

Com Lúcia Leão e Flávia Gasi, mediação de Jaderson de Souza 17 de novembro, terça-feira, das 16h às 18h

Bate-papo acerca de possíveis compreensões sobre o conceito de jogo, terminologias, compreensão conceitual e processos de desenvolvimento, circulação e as possíveis interfaces entre jogos, arte e cultura pensadas para o ciclo de debates.

Mesa 2 - Videogames no ensino e produção acadêmica: quem pode criar jogos?

Com Alan Richard e Thais Weiller, mediação de Anitta Cavaleiro 19 de novembro, quinta-feira, das 16h às 18h

Nesta mesa, o diálogo envolve questões sobre o ensino, a produção acadêmica e as temáticas culturais nos games. Trata também de como as universidades têm preparado os alunos para lidar com pautas culturais e políticas no meio.

Mesa 3 - Jornalismo e mídia nos jogos digitais

Com Carol Costa e Luiz Queiroga, mediação de João Varella 24 de novembro, terça-feira, das 16h às 18h

Bate-papo sobre os impactos na construção do imaginário de jogadores e jogadoras a partir da produção de conteúdo em mídia especializada de jogos digitais. A mesa propõe uma reflexão acerca do papel fundamental da mídia na construção dos símbolos e valores culturais, para além de pautas ligadas apenas às lógicas comerciais da indústria de games.

Mesa 4 - Gênero, sexualidade e jogos

Com Lucas Goulart e Victória Invicta, mediação de Beatriz Blanco 26 de novembro, quinta-feira, das 16h às 18h

Bate-papo sobre as perspectivas atuais em relação à toxicidade das comunidades de jogos. Como alguns exemplos de jogos estão tratando pautas de gênero e sexualidade em seu design. E quais as relações entre o lugar de fala destes produtores com as obras.

Mesa 5 - Jogos, resistência e interseccionalidade

Com Julia Stateri e Eliane Bettocchi, mediação de Tainá Felix 1º de dezembro, terça-feira, das 16h às 18h

Este encontro apresenta possíveis relações entre jogos digitais e gênero, raça e classe. Debate maneiras de como as mecânicas de jogos se relacionam com ideologias e construções culturais de um lugar, assim como formas de potencializar discussões relacionadas às pautas de resistência a partir dos jogos digitais.

GAME E ARTE

A Game e Arte desenvolve ações socioeducativas na comunidade por meio dos videogames.

Jaderson Souza

Doutorando em Humanidades, Direitos e outras Legitimidades pelo Diversitas/FFLCH, Universidade de São Paulo. Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Fundador e presidente da Ong Jogos pela Educação, a qual evoluiu para a empresa Game e Arte, trazendo toda a experiência na área desde 2009.

Tainá Felix

Pós graduada em Gestão Cultural pelo Senac-SP Bacharel em Teatro pelo curso de Comunicação das Artes do Corpo, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. É atriz formada pelo Teatro Escola Macunaíma. Atuou como professora de iniciação teatral no Colégio Beka e como atrizmediadora da Oficina Livre de Teatro, na ONG Casa Clamor Cavanis. Parcerista no Edital de Games do Ministério da Cultura. E produtora dos jogos "A Nova Califórnia" e “Amora”.

SERVIÇO

LUGAR DE JOGO

Jogos disponíveis gratuitamente por 3 meses na plataforma Sesc Digital: sescsp.org.br/lugardejogo.

1º lote de 4 jogos: Dia 17 de novembro de 2020.

2º lote de 4 jogos: Dia 17 de dezembro de 2020.

3º lote de 4 jogos: Dia 19 de janeiro de 2021.

Ciclo de Debates

Inscrições no portal do Centro de Pesquisa e Formação do Sesc: sescsp.org.br/cpf. Quando: De 17 de novembro a 1º de dezembro de 2020. Ter. e Qui., das 16h às 18h. Onde: Teams.

Quanto: Gratuito.

Classificação: 16 anos.

Capacidade: 50 vagas.

Comente aqui