Data: 13/10/2021 14:08 / Autor: João Pedro Mello / Fonte: ABCdoABC

São Paulo retorna às aulas presenciais na próxima semana

O governador de SP acaba de anunciar o retorno às aulas presenciais obrigatórias


Crédito: Sergio Andrade / Governo do Estado de São Paulo

A partir da próxima segunda-feira (18), outubro, voltam a ser obrigatórias as aulas da rede pública e privada, no estado de São Paulo.

Em coletiva divulgada no início desta tarde de quarta-feira (13), o governador do estado de São Paulo João Doria (PSDB), confirmou o retorno obrigatório às aulas, detalhando a imprensa de que maneira funcionará a sistemática desse retorno.

Na próxima semana, apenas alunos que apresentem alguma justificativa médica, poderão deixar de frequentar as aulas.

De acordo com a Secretaria de Educação, em um primeiro momento o distanciamento entre as carteiras será mantido, entretanto, no dia 3 de novembro a obrigatoriedade deixará de ser uma exigência.

Até o momento o governo ainda não soube explicar como funcionará a determinação nas escolas que não possuem estrutura para operacionalizar de maneira total, mantendo o distanciamento exigido entre os alunos.

A rede estadual conta com aproximadamente 3,5 milhões de estudantes dispostos em mais de 5,4 instituições espalhadas por todo o estado de São Paulo. No mês de agosto houve uma redução de 1,5 metro para 1 metro na gestão estadual.

A obrigatoriedade do uso de máscaras permanece tanto para estudantes, como para funcionários das escolas, assim como no uso do álcool e equipamentos especiais para funcionários e docentes.

Em meados do mês de agosto o governo do estado deu o sinal verde para a volta às aulas com ocupação de 100% de forma presencial, exigindo revezamento em algumas unidades.

Na ocasião, mesmo com a autorização do governo, o envio dos alunos para a escola, era facultativo aos pais, além disso, cada prefeitura possuía autonomia para determinar a abertura, estipulando regras e datas.

Comente aqui