Data: 18/09/2020 13:10 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Roberto Jefferson derruba alianças do PTB com adversários de Bolsonaro

Alinhado com Bolsonaro, o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, anulou as convenções partidárias nas cidades onde a sigla apoiaria candidatos de oposição ao Palácio do Planalto


Jefferson anula convenções do PTB em cidades que fariam oposição a Bolsonaro
Jefferson anula convenções do PTB em cidades que fariam oposição a Bolsonaro

Crédito: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Jefferson promoveu  intervenção nesta quinta-feira, 17 em São Bernardo do Campo, Osasco e Presidente Prudente, Salvador e Fortaleza.

Em São Bernardo e em Osasco, o PTB havia indicado os candidatos a vice de Luiz Marinho e Emídio Souza, ambos do PT. Em Presidente Prudente, o partido comporia chapa com Laércio Alcântara, do DEM. Em Salvador, a sigla de Jefferson apoiaria Bruno Reis, também do DEM, e, em Fortaleza, estaria com Luizianne Lins, do PT.

Os movimentos vêm na sequência da intervenção na capital paulista na última quarta-feira, quando Jefferson tirou da disputa Marcos da Costa, ex-presidente da OAB-SP, que será candidato a vice do deputado Celso Russomanno (Republicanos).

A articulação nesse caso passou pelo próprio presidente da República, que telefonou para o presidente estadual do PTB, Campos Machado, pouco antes do início da convenção do partido em São Paulo. No Estado, o objetivo de Bolsonaro e Jefferson é combater o governador João Doria (PSDB), potencial adversário do presidente na eleição de 2022.

Segundo um integrante da Executiva Nacional do PTB, o veto que atropelou os acordos locais proibiria a princípio apenas alianças com partidos de esquerda, mas Jefferson ampliou a restrição para legendas que sejam potenciais adversárias de Bolsonaro no Congresso e nas eleições em 2022.

Com esse gesto, Jefferson aproxima o PTB do Palácio do Planalto e deixa as portas abertas para que Bolsonaro e seu grupo entrem na legenda para disputar a reeleição.

Comente aqui