Data: 05/07/2022 10:19 / Autor: Luiz Humberto Monteiro Pereira / Fonte: AutoMotrix

Quando o passado embala o futuro – Scania chega a 65 anos no Brasil

Scania comemora 65 anos de história no Brasil valorizando a rentabilidade das operações dos clientes e apostando na demanda pela sustentabilidade ambiental


Fábrica da Scania em São Bernardo do Campo/SP
Fábrica da Scania em São Bernardo do Campo/SP

Crédito: Divulgação

A sueca Scania celebrou, na primeira semana de julho, seus 65 anos de presença no Brasil. Foi o mercado nacional que recebeu a primeira fábrica fora da Suécia, em 1962, onde a empresa produz caminhões, chassis de ônibus e motores industriais, marítimos e para geração de energia. “Nossos caminhões e ônibus estão presentes nas estradas, ajudando o progresso ao longo de seis décadas e meia. Estamos na busca incansável por oferecer as soluções mais adequadas para gerar a máxima rentabilidade, que por consequência trará muito mais disponibilidade para tornar a operação de qualquer perfil de cliente mais eficiente”, afirma Fábio Souza, vice-presidente e diretor-geral das Operações Comerciais da Scania no Brasil. No dia 2 de julho, foi realizada a terceira edição do “Dia da Paixão Scania”, que reuniu executivos da marca, empregados, clientes e fãs para trazer vários conteúdos sobre o setor de transportes e a história e as perspectivas futuras da empresa. A programação incluiu rodas de conversa online e abertas ao público, transmitidas pelo canal oficial da Scania Brasil no YouTube. Até agosto, as concessionárias da marca receberão clientes em eventos presenciais.

A história da Scania no país se iniciou em 1957, quando a empresa ainda carregava o nome Scania-Vabis do Brasil S/A. Na época, os veículos vinham desmontados da Suécia e ficavam sob responsabilidade da Vemag, marca que os comercializava em São Paulo. Em 1958, foi montado o primeiro Scania de fabricação nacional, um modelo L 75. O veículo atendia às exigências do governo de Juscelino Kubitschek, de 35% de nacionalização. A partir da década de 60, a Scania passou a produzir integralmente seus caminhões e ônibus na fábrica inaugurada em 1962 em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, polo da industrialização nacional. A linha do tempo da Scania no Brasil é marcada por vários pioneirismos. Se o L 75 modernizou o conceito de caminhão no país, no segmento de ônibus, a introdução da direção hidráulica, em 1963, no B76, foi uma revolução em termos de conforto para os motoristas. Em 1968, a chegada dos “Jacarés” da linha 110 mudou a cara dos caminhões nas estradas brasileiras – até que, em 1974, foi apresentada a cabina “cara-chata”, com o LK 140. Muitas novidades se sucederam nas linhas de montagem da Scania ao longo das décadas. Em 2018, veio o lançamento da Nova Geração de Caminhões – a atual linha de pesados que entrega uma economia de combustível de até 20% em comparação à geração anterior. No mesmo ano, a Scania anunciou a primeira demonstração no Brasil de um caminhão movido a GNV/Biometano, em parceria com a Citrosuco.

Desde 2016, a fabricante sueca vem ampliando sua jornada de sustentabilidade. A partir de 2023, já estará valendo no Brasil a etapa P8 do Proconve (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores), equivalente à tecnologia Euro 6, vigente no Velho Continente desde 2014. Os motores a gás e biometano da Scania, tecnicamente, já atendem aos níveis de emissões de poluentes do Proconve P8, mas os novos motores a diesel Scania Euro 6 já estão em produção e atenderão inicialmente aos mercados de exportação. As demais regiões da América Latina, inclusive o Brasil, também serão contempladas gradativamente, conforme a estratégia de implementação da solução de cada mercado. “A demanda de energia gerada por caminhões e ônibus no Brasil precisará ser atendida por um ‘mix’ de tecnologias já desenvolvidas ou em desenvolvimento, devido a uma série de variantes como a matriz energética e a vocação do país, infraestrutura, regulamentação, necessidade de renovação de frotas, entre outras necessidades. O futuro do nosso transporte rodoviário será eclético”, explica Christopher Podgorski, presidente e CEO da Scania Latin America.

Comemorativa na ativa

Para manter a tradição, ao comemorar mais uma data importante, a Scania apresenta ao mercado a “Edição Comemorativa de 65 anos de Brasil”. Para os 265 caminhões disponíveis, a marca preparou um pacote com várias vantagens, dentre as quais pagar a primeira parcela do financiamento apenas em 2023. Além dos caminhões, pela primeira vez, a Scania criou um selo para que o cliente possa aplicar nos ônibus e na linha de motores industriais, marítimos ou para geração de energia. O selo de “65 anos” poderá ser afixado no local de escolha do comprador. “Não poderíamos deixar de marcar pra sempre o aniversário de 65 anos de Brasil. Tenho certeza de que será um sucesso, mas os interessados precisam correr, afinal haverá apenas 265 unidades disponíveis. Teremos duas opções de compra. Além da tradicional venda do produto personalizado, clientes que já tenham caminhões programados e faturados para serem entregues de setembro a dezembro poderão transformá-lo em ‘65 anos’. Basta ajustar os valores com a concessionária”, revela Silvio Munhoz, diretor de Vendas de Soluções da Scania no Brasil. O valor do pacote completo para tornar o veículo um modelo “65 anos” é de R$ 35 mil, tanto para produtos já encomendados quanto para novos.

A “Edição Comemorativa de 65 anos de Brasil” está disponível nos modelos pesados RH 450 4x2 e 6x2, de 450 cavalos de potência, e RH 540 6x4, de 540 cavalos. Os motores de ambos são de 13 litros Euro 5 que desenvolvem torques respectivos de 239,6 kgfm de mil a 1.300 rpm e de 275,3 kgfm de mil a 1.350 rpm. A série especial está equipada com teto alto, defletores, saia lateral, pintura na exclusiva cor Nardo Gray e customizada na saia lateral, nos para-lamas e retrovisores. Completam o pacote os faróis de milha no teto e na grade, a geladeira, os faróis H7, o climatizador, as rodas de aço preta e o Pacote Clássico (customizável). Se o cliente adquirir a “Edição Comemorativa de 65 anos de Brasil” e contratar o programa de manutenção Standard Flexível estarão inclusas as manutenções preventivas, com preço sem variações durante os anos de vigência, e o kit disponibilidade especial. A edição dispõe ainda de condições exclusivas. Pelo financiamento via Scania Banco, o cliente só pagará a primeira parcela em 2023, com seis meses de carência e sem parcelas intermediárias (modalidade CDC). Na Scania Corretora de Seguros, terá desconto de 12% no prêmio do seguro e parcelamento em dez vezes sem juros. E pelo Scania Consórcio, em comemoração aos 40 anos de sua fundação, também em 2022, haverá desconto de 1,5% na taxa de administração.

Comente aqui