Data: 11/10/2019 17:53 / Autor: Redação / Fonte: Governo do Estado de São Paulo

Prefeitura de São Paulo atende 8 mil pessoas na Feira do Empreendedor

Em quatro dias de evento, estande da Prefeitura disponibilizou orientações, palestras e serviços aos empreendedores


Prefeitura de São Paulo atende 8 mil pessoas na Feira do Empreendedor
Prefeitura de São Paulo atende 8 mil pessoas na Feira do Empreendedor

Crédito: Governo do Estado de São Paulo

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho atendeu mais de 8 mil pessoas durante a Feira do Empreendedor do Sebrae, entre os dias 5 e 8 de outubro, no Parque Anhembi. Entre os serviços oferecidos pela Prefeitura, destaque para orientações e formalizações do MEI – Microempreendedor Individual, além de palestras sobre finanças, empreendedorismo e inovação.

“A cidade de São Paulo conta com mais de 700 mil microempreendedores individuais e é um dos 30 ecossistemas mais promissores do mundo para a criação de startups. É extremamente importante oferecermos meios para fomentar ainda mais o crescimento da economia na capital e estimular quem deseja empreender”, declara a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Mais de 6 mil pessoas passaram pela arena “Empreender é para todos”, organizada pela Ade Sampa – Agência São Paulo de Desenvolvimento, que contou com palestras sobre liderança, motivação, formas de empreender e técnicas para se consolidar no mercado. A Agência também apresentou programas desenvolvidos para impulsionar e fomentar a geração de renda e empreendedorismo na cidade, como o Vai Tec e o Teia.

“Os quatro dias de evento foram essenciais, uma vez que tivemos a oportunidade de apresentar serviços da Ade Sampa para aqueles que já empreendem e também para quem deseja abrir um negócio na cidade de São Paulo”, declara o presidente da Ade Sampa, Frederico Celentano.

Já no estande de serviços do MEI mais de 1800 pessoas tiveram contato com os serviços do Cate – Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo. Durante os quatro dias de evento, 113 empresas foram abertas e formalizadas, e 665 pessoas foram atendidas. Os serviços mais procurados pelos empreendedores foram o CCMEI - Certificado da Condição do Microempreendedor Individual, o CCM - Cadastro de Contribuintes Mobiliários e o cartão do CNPJ.

Comente aqui