Data: 02/12/2019 15:57 / Autor: Redação / Fonte: Assessoria de Imprensa

Poupatempo realiza campanha de arrecadação de alimentos para o Natal

Ação é uma parceria com o Fundo Social e a EMTU; o objetivo da ação é doar cestas básicas para famílias carentes


Poupatempo realiza campanha de arrecadação de alimentos para o Natal
Poupatempo realiza campanha de arrecadação de alimentos para o Natal

Crédito: Divulgação

O Poupatempo promove pela primeira vez a “Campanha de Natal 2019” para arrecadar alimentos não perecíveis, que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade. A ação é uma parceria com Fundo Social de São Paulo (Fussp) e a Secretaria de Transportes Metropolitanos (STM), por meio da EMTU, e vai até o próximo dia 18 de dezembro em todas as 72 unidades do Poupatempo.

Na semana em que se comemora o Dia Internacional do Voluntariado (5), o Poupatempo convida a população a comparecer aos postos de atendimento do Governo do Estado nesta terça-feira (3), para levar sua doação e participar do “Dia de Doar”.

De acordo com o Superintendente da Prodesp, Ernesto Mascellani Neto, essa é mais uma ação que reforça o caráter social do Poupatempo. “Além de ser reconhecido pela qualidade e eficiência dos atendimentos oferecidos, o Poupatempo também está engajado em ações sociais”, explicou Neto, que destacou ainda a importância da ação. “O verdadeiro sentido do Natal é ajudar ao próximo. Por isso, contamos com a colaboração de todos para tornar esse momento de união em família mais próspero e feliz”.

Para colaborar, basta levar a qualquer posto do programa alimentos não perecíveis, como açúcar, arroz, biscoito, café, farinha, feijão, fubá, macarrão e óleo. Além do Poupatempo, nove terminais urbanos do Corredor ABD, da EMTU, participam da ação e recebem donativos até o dia 10/12.

É fundamental que os produtos estejam em suas embalagens originais e que o prazo de validade seja de pelo menos 90 dias. Todos os itens recebidos serão transformados em cestas básicas, destinadas às entidades cadastradas pelo Fundo Social na capital e interior.

Comente aqui