Data: 28/08/2019 09:22 / Autor: Redação / Fonte: Fundo Social de São Paulo

Plataforma SOS Mulher completa 20 dias no ar com vídeos e informações

Entre os tutoriais mais assistidos estão os que tratam de superação, ciclo de violência e comunicação em relacionamentos pessoais


Crédito: Fundo Social de São Paulo / Luana Oliveira

A plataforma SOS Mulher, lançada em 7 de agosto pelo Fundo Social de São Paulo, já está no ar com vinte vídeos tutoriais  à disposição para compartilhamento.

Voltada às mulheres com informações sobre saúde, segurança e independência financeira, a plataforma é uma ampliação do aplicativo de mesmo nome, lançado em março deste ano pelo Governo do Estado, que permite que vítimas de violência doméstica com medida protetiva acionem a polícia apertando apenas um botão por cinco segundos.

Como forma de combater as principais formas de violência listadas na Lei Maria da Penha: física, psicológica, sexual, moral e patrimonial, o site ainda disponibiliza informações sobre os serviços gratuitos para mulheres em todo o Estado como Delegacias da Mulher, Hospitais e Defensorias Públicas.

Entre as participantes, que doaram seu tempo para gravar os vídeos de forma gratuita, estão as Promotoras de Justiça, Gabriela Manssur e Fabíola Sucasas, além da primeira médica tetraplégica, Daniela Bortman.

Para ter acesso às dicas e serviços oferecidos pela plataforma, basta acessar: www.sosmulher.sp.gov.br

Comente aqui