Data: 26/10/2021 17:44 / Autor: Redação / Fonte: Cia Teatro Endoscopia

Pandemia é tema de novo espetáculo da Cia Teatro Endoscopia

Com dramaturgia inédita de Sérgio Pires e direção de Flávio Marin, Vermelho - A Terra Só Está Pedindo Silêncio estreia no sábado (30/10) com exibição online


Vermelho - A Terra Só Está Pedindo Silêncio
Vermelho - A Terra Só Está Pedindo Silêncio

Crédito: Andrea Iseki

Um condomínio com três apartamentos é o cenário do espetáculo “Vermelho - A Terra Só Está Pedindo Silêncio”, que mostra um duelo entre as solidões divididas pelas paredes de concreto no contexto da pandemia. Com dramaturgia inédita de Sérgio Pires e direção de Flávio Marin, a montagem estreia no sábado (30/10), a partir das 20h, com exibição no canal de YouTube da Cia Teatro Endoscopia, de Santo André.

Na peça, Adauto (Daniel Gregório), Camila (Andressa Ferreira) e Jorge (Diogo Guedes) são vizinhos de condomínio, que fica em cima de uma funerária e em frente a um cemitério. Os três moradores narram suas histórias enquanto avistam pelas janelas a imagem do coveiro, que trabalha do outro lado da rua. Luzia (Rosana Ribeiro), que vive em situação de rua, levanta uma série de questões e provoca uma relação épica de reflexão com o público.

De acordo com Marin, a peça propõe debate sobre a solidão frente a um cotidiano multifacetado, que torna os personagens tensos e ameaçadores. “Os moradores do condomínio se conhecem apenas pelos sons que rompem as paredes e percebem pelas frestas de memórias, anseios e sonhos o plano que envolve a padronização, a colonização e a exclusão sociocultural. O embate entre os moradores dos apartamentos e a figura de Luzia descortina a relação estrutural da sociedade. Será Luzia a única desterritorializada?”, questiona.

Falas encontradas em tragédias - como Antígona, As Bacantes, Medéia e Édipo - integram a construção dos diálogos e trazem à tona um debate sobre a necessidade de se rebelar diante das ordens estabelecidas. “A peça fala da urgência em dizer algo a partir e sobre este tempo caótico. Um período marcado não apenas pela pandemia, mas também por um uma série de fake news e um governo que flerta o tempo inteiro com uma ideologia fascista”, afirma o dramaturgo.

Na peça, o cenário com os apartamentos, criados a partir de geladeiras, busca transmitir a sensação de confinamento; acompanhado pela iluminação, que adota a mistura de luz fria dentro do condomínio e luz quente no externo; pelo figurino, que traz o vermelho com a mescla de tons mais terrosos e escuros com tons mais claros e vibrantes; e pela trilha sonora, que trabalha a criação de dissonâncias entre a identidade brasileira, proposta por ritmos e timbres, e sons modificados por efeitos de distorção, para amplificar o conflito proposto.

O espetáculo Vermelho - A Terra Só Está Pedindo Silêncio é contemplado pelo Edital ProAC Expresso LAB 47/2020.

Serviço

Vermelho - A Terra Só Está Pedindo Silêncio

Estreia: 30 e 31/10, às 20h

Temporada: 6, 7, 13 e 14/11, às 20h

Exibições online pelo canal de Youtube da Cia Teatro Endoscopia

Grátis - Classificação indicativa: 16 anos

Comente aqui