Data: 23/06/2022 13:15 / Autor: Redação / Fonte: Grupo Sabin

Osasco ganha espaço Ludoteca, do Instituto Sabin

Braço social do Grupo Sabin, o Instituto entregou espaço Ludoteca à cidade para dar assistência, escuta e oitiva a crianças e adolescentes em situação de violência


 Osasco ganha espaço Ludoteca, do Instituto Sabin
Osasco ganha espaço Ludoteca, do Instituto Sabin

Crédito: Divulgação

O Grupo Sabin anuncia a doação de mais um Espaço Ludoteca no Brasil. Desta vez, a cidade de Osasco, em São Paulo, recebe um lugar dedicado a receber crianças e adolescentes vítimas de algum tipo de violência. Resultado da parceria do Instituto Sabin, braço social do Grupo, com a Prefeitura Municipal de Osasco e a Secretaria de Saúde de Osasco, o ambiente foi projetado dentro do Centro de Apoio Psicossocial Infantil de Osasco, o Caps "Liliane Alves Dias".

A unidade é a 116ª entregue pelo Instituto Sabin desde a criação do projeto, em 2008. Em São Paulo já são 16 espaços Ludotecas. "Há 14 anos, quando lançamos o primeiro espaço Ludoteca, no Distrito Federal, tínhamos um contexto social diferente do atual. A sociedade mudou, mas, infelizmente, os números mostram que a violência contra crianças e adolescentes ainda é um problema social grave e urgente", afirma o gerente-executivo do Instituto Sabin, Gabriel Cardoso.

"Nos últimos dois anos, a pandemia escancarou a exposição de crianças e adolescentes vítimas de abusos dentro de casa. É fundamental que organizações públicas e privadas se unam para colocar de pé projetos que proporcionem o ambiente adequado e também capacitação para os profissionais que trabalham no acolhimento das crianças", pontua o executivo.

O gerente destaca ainda que, ao consolidar a entrega de mais uma Ludoteca, a instituição reafirma o compromisso assumido quando o projeto foi desenvolvido de dedicar ações estruturais planejadas para não somente acolher essas vítimas, mas também compreender os impactos que situações e violência podem causar na vida dessas pessoas. "O programa Ludoteca proporciona atendimento humanizado, digno e acolhedor orientado pelos princípios da Constituição Federal/1988, pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e pelas legislações protetivas em vigor. Além disso, aprimora a assistência dos profissionais da Administração Pública que atuam na rede de atenção à violência nas áreas de saúde, justiça, assistência social e segurança pública", explica.

No espaço estão distribuídos conteúdos e materiais pedagógicos como brinquedos, jogos, livros e recursos lúdicos. Também há privacidade adequada para a escuta, oitiva ou acompanhamento terapêutico de crianças, adolescentes e famílias vítimas de violência.

"As ludotecas se somam às nossas estratégias ESG para ir além de ofertar saúde de excelência, mas também retribuir à sociedade a confiança no Sabin e fortalecer a nossa relação junto às comunidades de Norte a Sul do Brasil", declarou a presidente do Grupo Sabin, Lídia Abdalla.

A executiva celebra ainda os investimentos sociais da empresa que já somam de R$ 52 milhões em iniciativas de impacto social, desde a criação do Instituto. “Quando olhamos para estes valores e vemos que foram destinados para ações que já beneficiaram mais de 1,2 milhões de pessoas é gratificante”.

Comente aqui