Data: 28/05/2020 13:20 / Autor: Redação / Fonte: Climatempo

Onda de frio avança sobre o Sudeste do Brasil


Crédito: Rodrigo Neddemeyer/Fotos Públicas

A massa de ar de origem polar de forte intensidade ainda atua sobre o Sudeste do Brasil e o centro da alta pressão passa pela Região, nesta quinta-feira. A onda de frio polar que chegou ao Brasil é considerada a mais forte do ano até agora, segundo a Climatempo.

A quinta-feira, 28 de maio, será marcada por bastante frio na madrugada em todos os estados. O amanhecer será gelado e várias cidades do Sudeste do país vão acordar com temperatura abaixo de 10ºC. Há condições para ocorrência de geada no sul do estado de São Paulo e de Minas Gerais e na serra da Mantiqueira.

Possibilidade de Recorde

O frio ainda será intenso nas madrugadas de quinta e sexta-feira, 29 de maio, e não se pode descartar a chance de novos recordes. Nesta quinta-feira a maior chance de recorde é em Belo Horizonte e São Paulo e com uma possibilidade menor, mas que não está totalmente descartada a cidade de Vitória .

Para o Rio de Janeiro , não há expectativa para recorde de temperatura.

Névoa e Nevoeiro

Os municípios do centro leste de São Paulo e de Minas Gerais podem registrar visibilidade restrita por causa de formação de névoa ou nevoeiro, inclusive as capitais São Paulo e Belo Horizonte. Por causa das baixas temperaturas e a atuação do ar polar é comum a ocorrência de nevoeiro nesta época. O nevoeiro é definido quando a visibilidade horizontal está abaixo dos 1000 metros. O fenômeno meteorológico pode se formar em qualquer lugar, hora ou época do ano, desde que as condições atmosféricas permitam.

No Rio de Janeiro, além da atuação do ar polar, o litoral fluminense amanhece com bastante nebulosidade intercalando período de sol no decorrer do dia. No mar, os ventos que sopram em direção ao continente formam uma pista que favorecem a elevação das ondas que chegam a costa. Há risco de ressaca nas praias.

No decorrer do dia, o sol aparece na Região Sudeste e não há condições para pancadas de chuva.

Comente aqui