Data: 06/12/2021 13:26 / Autor: Redação / Fonte: CPS

Olimpíada Brasileira de Tecnologia premia equipe da Etec Prof. Basilides de Godoy

Estudantes da Capital ficaram em segundo lugar na categoria escolas pública; mais de três mil inscritos de 15 estados brasileiros participaram da competição


Nicolas, Nathan, Thiago e Vinicius (de pé), Samuel e Selson (agachados) integraram o time da Etec premiado na OBT
Nicolas, Nathan, Thiago e Vinicius (de pé), Samuel e Selson (agachados) integraram o time da Etec premiado na OBT

Crédito: Divulgação

O time Keplers, da Escola Técnica Estadual (Etec) Professor Basilides de Godoy, da Capital, conquistou medalha de prata na primeira edição da Olimpíada Brasileira de Tecnologia (OBT). Mais de três mil inscritos de escolas públicas e privadas, de 15 estados brasileiros, participaram da competição.

A equipe vice-campeã da OBT, formada por Nicolas Silva, Nathan de Carvalho, Vinícius Veiga, Thiago Bortolucci, Selson do Carmo e Samuel dos Santos, cursa o terceiro ano do Ensino Técnico de Mecatrônica Integrado ao Médio (Etim) e foi orientada pelo professor de linguagem de programação em microcontroladores, Rodolfo dos Santos de Souza Lovera. “Os alunos trabalharam com muita autonomia e desenvolveram o projeto sozinhos”, afirma. Para o educador, essa independência pode ser um efeito positivo da experiência de ensino remoto, adotado pelas escolas durante quase dois anos da pandemia.

O projeto premiado propõe o desenvolvimento de um aplicativo (app) com conteúdo de especialistas no cultivo de plantas e foi inspirado no 12º Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre consumo e produção responsável.

O estudante Vinicius ressalta que a Olimpíada trouxe muitos aprendizados: “Essa experiência trouxe oportunidades valiosas de aprendizado como trabalhar em equipe, fazer a gestão do tempo, gerenciar tarefas e controlar o estresse”, avalia.

As 25 equipes premiadas na OBT foram contempladas com um curso na Escola Avançada de Tecnologia, que será realizado entre os dias 17 e 22 de janeiro, na cidade de São José dos Campos. Outros prêmios foram uma mentoria para assessorar o desenvolvimento do aplicativo e medalhas. Para cobrir as despesas de viagem, o grupo está fazendo uma vaquinha colaborativa para arrecadar recursos.      

Desafios

A competição teve duas etapas. Na primeira, as questões objetivas tratavam de Matemática, Matemática Aplicada e Lógica Computacional. Na segunda, os competidores desenvolveram projetos para solução de problemas relacionados a um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

A OBT foi promovida pelo Instituto Alpha Lumen de Apoio ao Talento e pelo Massachusetts Institute of Technology Brazil (MIT Brazil), com apoio do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Comente aqui