Data: 16/04/2021 18:53 / Autor: Redação / Fonte: Sesi-SP

De olho nos Jogos Olímpicos de Tóquio, nadadores do Sesi-SP encaram Seletiva Olímpica

O grupo disputará seis dias de provas entre 19 e 24 de abril, no Rio de Janeiro


Crédito: Ayrton Vignola / Fiesp

Etiene Medeiros, Daynara de Paula, Brandonn Almeida, Raphael Rodrigues e Matheus Gonche estão no Rio de Janeiro para buscar uma vaga no grupo que representará o Brasil em Tóquio. Única oportunidade para que os atletas obtenham vagas nos Jogos Olímpicos, a Seletiva Olímpica Brasileira de Natação acontece entre os dias 19 e 24 de abril, no Parque Aquático Maria Lenk.

Diante do agravamento da pandemia da COVID-19 no Brasil, a equipe de natação do Sesi-SP segue para disputa com um número reduzido de nadadores, assim como todos os outros grupos, seguindo o protocolo médico divulgado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos - CBDA, em que limita o número de participantes em 120 atletas, além de não permitir a presença de público e a entrada de atletas que não tiverem provas na etapa a ser disputada.

Mesmo com o planejamento e o trabalho adaptado por conta da pandemia, os técnicos Fernando Vanzella e Carlos Matheus "Carlão" estão confiantes com os resultados que o grupo pode conquistar. Entre os cinco nomes, três, Etiene, Daynara e Brandonn, já estiveram em Jogos Olímpicos.

"Todos fizeram uma preparação muito boa, conseguimos fazer uma temporada de janeiro até agora muito positiva em termos de treinos, qualidade técnica e física. Acredito que chegamos com boas chances de alcançar os melhores resultados, não é um índice fácil, não basta só fazer a marca, temos que estar entre os dois melhores do país por prova, mas as expectativas estão grandes", explicou Vanzella.

Para o técnico Carlão, o fator treinamento foi recuperado mesmo em um ano atípico, e a prioridade agora é aprimorar o fator competitivo. "Sentimos bastante falta de não poder competir durante o início do ano, então o fator competitivo, que faz parte da preparação de um atleta, é o que a gente precisa aprimorar nesta reta final de treinos para que eles se sintam confortáveis na competição".

Os nadadores do Sesi-SP chegam para disputa após a realização de dois camps no Recife, de três semanas cada, um no final de janeiro e o outro no começo de março. Durante o período fora, o grupo aproveitou a piscina de 50 metros do Parque Santos Dumont, complexo esportivo da capital de Pernambuco, para aprimorar a preparação com foco nas tomadas de tempo e dar um novo em ritmo de decisão. Brandonn seguiu com o técnico Carlão para altitude em fevereiro e uma série de treinos específicos já na piscina do Maria Lenk.

As provas de eliminação têm início às 9h30, e as finais serão disputadas a partir das 18h30.

Comente aqui