Data: 10/01/2020 09:56 - Alterado em: 14/01/2020 10:25 / Autor: Redação / Fonte: Itaú Cultural

Oficinas de férias para todas as idades agitam as tardes do Itaú Cultural

Todos os dias do mês, de terça-feira a domingo, quando o instituto abre para o público, tem oficinas diversificadas em diálogo com as mostras em cartaz


A programação de férias do Itaú Cultural, promovida pelo Núcleo de Educação e Relacionamento, segue todos os dias até dia 31. Na próxima semana, dia 14, tem a oficina Terças de Cordel. Em sinergia com a Ocupação Valença e vagas limitadas, cujas inscrições são feitas no próprio dia no instituto, ela propõe a criação de um cordel com o tema mistério. A primeira, no dia 7, explorou o amor. Na próxima, dia 21, o assunto a ser trabalhado é a amizade. Por fim, na última terça-feira do mês, dia 28, será realizado um sarau aberto ao público, que juntará todos esses cordéis.

No dia seguinte, 15, tem as Quartas de Encadernação, cuja programação é inspirada na Coleção Brasiliana, em exposição permanente no Espaço Olavo Setúbal, no 4º e 5º andares do instituto. Nela, os participantes aprendem a confeccionar diferentes tipos de cadernos, em diálogo com as obras ali expostas. A temática proposta nesse dia é Meu Caderno de Aventuras para imaginar as possibilidades que uma leitura atenta da história pode proporcionar. A oficina Quintas Teatrais, no dia 16, parte da técnica do teatro de sombras e estimula o público a criar diferentes narrativas inspiradas em Alceu Valença, homenageado na Ocupação em cartaz. Nesta semana, ela se baseia em Noite do Espantalho, filme de Sérgio Ricardo onde o músico pernambucano fez o papel principal e representou o Brasil no Oscar para o melhor filme estrangeiro, em 1975.

Entrando no fim de semana, no dia 17, a oficina Sextas Brasilianas parte das visitas guiadas por educadores do Itaú Cultural para conhecer as obras de Brasiliana abrigadas no Espaço Olavo Setúbal, explorando os seus conteúdos de forma lúdica, sensorial e acessível. Sábados das Esculturas, dia 18, ensina diferentes técnicas de escultura baseadas nas obras exibidas na mostra Franz Weissmann: o vazio como forma. Encerrando a semana, o Domingos na Paulista: Weissmann na rua, dia 19, é inspirado nas obras do escultor, para construir uma obra coletiva na calçada em frente ao instituto, contando com a ajuda dos visitantes e dos passantes da Avenida Paulista.

SERVIÇO:

Oficinas nas férias

Sempre das 14h às 15h30

Dia 14 - Terças de Cordel

Histórias de Mistério

Local: 1º subsolo Número de vagas: 20

Inscrições: meia hora antes, no balcão de informações

Ponto de encontro: balcão de informações

Dia 15 - Quartas de Encadernação

Meu diário de aventuras

Local: 1º subsolo

Número de vagas: 20

Inscrições: meia hora antes, no balcão de informações

Ponto de encontro: balcão de informações

Dia 16 - Quintas Teatrais

Teatro de sombras: A noite do espantalho

Local: 1º subsolo

Número de vagas: 20

Inscrições: meia hora antes, no balcão de informações

Ponto de encontro: balcão de informações

Dia 17 - Sextas Brasilianas

Local: Espaço Olavo Setúbal

Pisos: 4º e 5º andar

Número de vagas: 20

Inscrições: meia hora antes, no balcão de informações

Ponto de encontro: balcão de informações

Dia 18 - Sábados das Esculturas

Local:1º subsolo

Número de vagas: 20

Inscrições: meia hora antes, no balcão de informações

Ponto de encontro: balcão de informações

Dia 19 - Domingos na Paulista: Weissmann na rua

Sem número total de vagas ou necessidade de inscrição prévia

Local: calçada em frente ao Instituto

Comente aqui