Data: 20/06/2019 10:48 / Autor: Rodilei Morais / Fonte: ABCdoABC

niLL e Yung Buda se reúnem em show no Centro Cultural de São Paulo

A apresentação dupla dos membros da Sound Food Gang lotou o CCSP com um público diverso


Crédito: Rodilei Morais/ABCdoABC

“Eu levo as coisas um pouco a sério demais e odeio quando elas ficam todas iguais”. Os primeiros versos de niLL em “Wifi” já dão o tom do que foi o show que fez com seu conterrâneo e parceiro Yung Buda no último sábado (15) no Centro Cultural de São Paulo. Os shows contaram ainda com a participação de ManoWill, Chinv e do DJ Buck, todos integrantes do coletivo Sound Food Gang.

Criado há três anos em Jundiaí, o grupo do qual os rappers fazem parte traz uma sonoridade das mais únicas da cena paulista, incorporando elementos de vaporwave e da cultura geek. O palco baixo, localizado no centro da sala Adoniran Barbosa e seus dois andares lotados, foi o cenário perfeito para a apresentação muito próxima ao público, que mal se continha para não subir a plataforma junto aos músicos.

O show de niLL resgatou o repertório de seu primeiro trabalho, “Negraxa”, e trouxe faixas do recente “Good Smell”, mas foi o álbum “Regina” que integrou a maior parte do show. Lançado em 2017, o disco é um recorte de seu cotidiano e uma homenagem a sua falecida mãe. Acompanhado de ManoWill, o rapper entregou as rimas de “Jovens Telas Trincadas”, “Atari Level 2” e até uma música inédita antes de invocar Yung Buda ao palco “com muito chakra”, em referência ao anime Naruto, para “Nego Drama, pt. 2”.

O show de Yung Buda chega levando ao máximo as referências a animes, além de trazer outras ao mundo automotivo. Em cima de beats calmos, o rapper canta sobre Opalas, Miuras e Subarus em faixas dos seus EPs “Músicas para Drift” vol. 1 e 2. Cantam com ele Chinv, com quem gravou “Supersayanair” e o próprio niLL, que voltou trajando uma camiseta de Dragon Ball para “Akatsuki de Vila, pt. II”.

A heterogeneidade do público chama atenção e é até um dos méritos do show. Seja por dialogar com gamers e otakus, ir ao rock com samples de David Bowie e The Doors ou ainda manter clara a influência de artistas conceituados do rap como os Racionais MC’s, os membros da Sound Food Gang alcançam diversos jovens ouvidos. O resultado lembra até um famoso tweet de Dinho Ouro Preto, vocalista do Capital Inicial, que virou meme na internet. Teriam niLL e Yung Buda unido todas as tribos como fez o Norvana?

Comente aqui