Data: 16/01/2020 14:14 / Autor: Redação / Fonte: TV Cultura

Neste fim de semana, TV Cultura transmite mais jogos da Superliga de Vôlei

No sábado (18/1), às 19h, vai ao ar a partida entre Fluminense e São Paulo/Barueri. Já no domingo (19/1), às 20h, Denk Academy Maringá e Fiat/Minas


Crédito: TV Cultura

A TV Cultura exibe, neste fim de semana, mais dois jogos da Superliga de Vôlei 2019/2020. A emissora, que retomou suas transmissões esportivas no último ano, transmite com exclusividade na TV aberta a Superliga de Vôlei. Até o final da temporada, levará ao ar mais de 50 jogos, masculino e feminino, possibilitando ao público acompanhar a principal competição de vôlei do País.

Neste sábado (18/1), às 19h, a emissora exibe a partida entre as equipes femininas do Fluminense e do São Paulo/Barueri, válido pela 1ª rodada do returno da competição. A narração será de Natália Lara e os comentários de Vera Mossa.

Os times vivem momentos parecidos na competição, e o jogo será uma disputa direta por posições. O Fluminense ocupa o 6ª lugar na tabela, somando 16 pontos, com 6 vitórias em 11 jogos. O São Paulo/Barueri vem logo atrás, na 7ª posição, com 15 pontos, 5 vitórias em 11 jogos, e tem a chance de ultrapassar o Fluminense já nessa rodada.

Já no domingo (19/1), às 20h, a TV Cultura transmite a partida entre as equipes masculinas Denk Academy Maringá e Fiat/Minas, em jogo válido pela 2ª rodada do returno da competição. A narração será de Gil Arruda e comentários de William Carvalho.

O jogo se trata de mais um confronto direto, já que o Minas ocupa a 6ª colocação (com 6 vitórias), e o Maringá, a 7ª (com 5 vitórias). Apenas um ponto separa as duas equipes na tabela (18 a 17).

Superliga 2019/2020

Nesta temporada, serão 18 jogadores estrangeiros, 19 campeões olímpicos e muitos outros grandes atletas que irão representar os 24 times – 12 em cada naipe – nos próximos seis meses.

Há atletas da Argentina, de Cuba, da Colômbia, Itália, Venezuela, Estados Unidos, Marrocos, entre outros. A oposta Polina Rahimova, do Azerbaijão, jogará no Brasil pela primeira vez. Ela defenderá o Sesi Vôlei Bauru.

A Superliga 2019/2020 masculina contará com o atual campeão EMS Taubaté Funvic (SP), além de Sesi-SP, Sada Cruzeiro (MG), Sesc-RJ, Fiat/Minas (MG), Vôlei Renata (SP), Denk Academy Maringá Vôlei (PR), Vôlei UM Itapetininga (SP), América Vôlei (MG), São Francisco Vôlei-RP (SP),Ponta Grossa Vôlei e Apan Blumenau (SC), vice-campeão.

No feminino, estarão na disputa o Itambé Minas (MG), campeão em 2018/2019, Dentil Praia Clube (MG), Osasco/Audax (SP), Sesi Vôlei Bauru (SP), Sesc-RJ, São Paulo FC/Barueri (SP), Fluminense (RJ), Curitiba Vôlei (PR), Esporte Clube Pinheiros (SP) e São Cristóvão Saúde/São Caetano (SP). Completam a lista o Valinhos (SP) e o Flamengo (RJ), que subiram da Superliga B 2019.

Comente aqui