Data: 11/07/2019 14:45 / Autor: Redação / Fonte: Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência

Mundial de Halterofilismo contará com dois atletas do Time SP

São esperados 488 atletas de 76 países na sétima edição do evento


O Brasil será representado por 11 atletas e dois deles são integrantes do Time São Paulo Paralímpico
O Brasil será representado por 11 atletas e dois deles são integrantes do Time São Paulo Paralímpico

Crédito: Ivo Felipe/CPB

O Campeonato Mundial Paralímpico de Halterofilismo acontecerá durante nove dias de competições, de 12 a 20 de julho em Nur-Sultan, no Cazaquistão. O Brasil será representado por 11 atletas e dois deles são integrantes do Time São Paulo Paralímpico. A equipe chegou à capital do Cazaquistão na manhã do dia 10 de julho, em busca de performances de impacto para o ranking que definirá as vagas da modalidade aos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

Os Centros de Referência foram idealizados pelo Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e funcionam como base de treinamento e capacitação de atletas ao redor do país. Um desses polos de desenvolvimento da modalidade está em Itu (SP), de onde saíram Bruno Carra e Mariana D'Andrea que pertencem ao Time São Paulo Paralímpico.

O Mundial de Nur-Sultan contará com novidades em seu formato. O último dia de competições, por exemplo, terá disputas mistas por equipe - algo que não houve nas últimas edições da competição. O Mundial Júnior voltará a ocorrer logo após a cerimônia de abertura.

A nova seleção do Time São Paulo conta com 66 atletas das modalidades: atletismo, natação, ciclismo, halterofilismo, judô, tênis de mesa, bocha, triatlo e paracanoagem. Criado em 2011, o Time São Paulo Paralímpico é uma parceria entre o Governo do Estado de São Paulo e o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) que visa avaliar, controlar e executar ações de suporte ao desenvolvimento esportivo de atletas de alto nível vinculados ao estado de São Paulo.

Comente aqui