Data: 11/05/2022 14:55 - Alterado em: 17/05/2022 11:35 / Autor: Redação / Fonte: Itaú Cultural

Mônica Salmaso faz série de shows no Itaú Cultural em formato híbrido

A cantora faz quatro apresentações na Sala Itaú Cultural – uma delas, transmitida simultaneamente na página do YouTube da instituição.


Mônica Salmaso
Mônica Salmaso

Crédito: Dani Gurgel

De 19 a 22 de maio – quinta-feira a domingo – a Sala Itaú Cultural recebe Mônica Salmaso. Todas as apresentações têm início às 20h, exceto pela última, no domingo, que acontece às 19h. Os ingressos já estão disponíveis na plataforma INTI, sendo necessário apresentar o QR Code do bilhete na entrada e o comprovante de vacinação a partir dos 12 anos de idade. Na sexta-feira, 20, o show tem transmissão simultânea para todo o Brasil em www.youtube.com/itaucultural.

Mônica volta a homenagear o carioca Wilson Baptista (1913 – 1968), resgatando diversas canções do compositor, que, com mais de 500 canções registradas, fez parcerias com nomes como Noel Rosa, Ataulfo Alves e Geraldo Pereira. Ela é acompanhada dos músicos Paulo Aragão, no violão; Teco Cardoso, no sax e flautas; e Luca Raele, no clarinete. As 22 canções que compõem o repertório do show são de autoria de Batista, lançadas entre as décadas de 40 e 60. Entre elas, Oh! Seu Oscar, A mulher do seu Oscar e Não sei dar adeus, criadas em parceira com Atalufo Alves, e Deixa de ser conveniência, composta com Noel Rosa.

“Meu primeiro contato substancioso com a obra de Wilson Baptista aconteceu quando ouvi o maravilhoso CD Ganha-se Pouco Mas é Divertido, da Cristina Buarque”, conta Mônica. “Entendi que se tratava de um compositor que representa uma geração incrível de criadores quando a profissionalização de artistas da música estava ainda embrionária”, continua ela concluindo que este foi um tempo importante da história da música popular brasileira e, neste caso, da música carioca.

Este show nasceu do projeto Samba Imenso, do Sesc, tendo como base a biografia Wilson Baptista – O samba foi sua glória, de Rodrigo Alzuguir. “A partir da leitura do livro, de ideias que foram surgindo e da própria participação do Rodrigo nos enviando músicas inéditas e escondidas, o repertório se expandiu e histórias boas e apaixonantes foram se agregando. Então decidimos fazer uma espécie de visita guiada à obra deste compositor”, conta Mônica, sobre o repertório da apresentação, que mescla as músicas e histórias vividas pelo homenageado.

SERVIÇO:

Mônica Salmaso

De 19 a 22 de maio (quinta-feira a sábado, às 20, e domingo, às 19h)

Sala Itaú Cultural

Capacidade: 224 lugares

Entrada gratuita

Ingressos: estão disponíveis na plataforma INTI, sendo necessário apresentar o QR Code do ingresso na entrada da atividade.

Dia 20 de maio

Apresentação transmitida simultaneamente em www.youtube.com/itaucultural

Classificação: livre

Comente aqui