Data: 17/05/2021 20:37 / Autor: Redação / Fonte: Comunitaria Departamento de Imprensa

Metrô de São Paulo retoma contrato para instalação de portas de plataforma

Acordo firmado com o Consórcio Kobra em 2019 foi reativado após o encerramento do procedimento que pedia sua anulação


Crédito: Divulgação

O Metrô de São Paulo retomou o contrato para a instalação de 88 fachadas de portas de segurança nas plataformas de 36 diferentes estações das linhas 1-Azul, 2-Verde e 3-Vermelha. O acordo firmado com o Consórcio Kobra em 2019 foi reativado após o encerramento do procedimento que pedia sua anulação.

A retomada será feita com a continuidade da fabricação dos equipamentos que compõem as portas e a aprovação dos projetos executivos que foram elaborados até janeiro deste ano, quando a justiça determinou a anulação do contrato. Agora, um novo cronograma deve ser feito para a colocação de todos equipamentos.

As portas de segurança permitem a redução do número de interferências na via, aumentando a regularidade da circulação dos trens e proporcionando mais segurança aos usuários.

De acordo com o contrato, as portas deverão ter características básicas como 2,10 metros de altura, sensor de presença de pessoas no vão entre os trens e os equipamentos, transparência mínima de 70% nas áreas das fachadas, além de uma estrutura modular que permita a montagem por etapas, facilitando a logística de instalação e diminuindo as interferências na operação ao longo do processo.

O Metrô já colocou esses equipamentos em todas as estações da Linha 15-Prata, assim como em toda Linha 4-Amarela. Na Linha 5-Lilás, as portas já funcionam em 10 estações e até o final do ano estarão nas 17 que compõem a linha. Também já contam com essa tecnologia, as estações Vila Prudente, Sacomã, Tamanduateí e Vila Madalena (Linha 2-Verde), além de Vila Matilde (Linha 3-Vermelha).

Comente aqui