Data: 16/09/2021 12:01 / Autor: Redação / Fonte: Minestério do Desenvolvimento Regional

Jundiaí (SP) ganha três novos reservatórios de água para abastecimento da população

As obras contaram com R$ 16,5 milhões em investimentos, sendo R$ 14,7 milhões financiados pela CAIXA, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS)


Jundiaí (SP) ganha três novos reservatórios de água
Jundiaí (SP) ganha três novos reservatórios de água

Crédito: Prefeitura de Jundiaí

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), inaugurou, nesta quarta-feira (15), os reservatórios de água Jardim Carlos Gomes, Distrito Industrial e FazGran, em Jundiaí (SP). As infraestruturas fazem parte de um conjunto de obras com cinco reservatórios para abastecimento de água no município paulista.Executadas pela DAE Jundiaí, as obras contaram com R$ 16,5 milhões em investimentos, sendo R$ 14,7 milhões financiados pela CAIXA, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), e o restante em contrapartidas do município.

Os reservatórios irão beneficiar cerca de 90 mil pessoas. "Além de garantir segurança de abastecimento para a cidade, essas entregas melhoram o ambiente de investimento para novas empresas que queiram entrar nessa região", ressaltou o secretário Nacional de Saneamento do MDR, Pedro Maranhão."Esta entrega simboliza um esforço para que não falte água para a população. Então, esse financiamento feito via Ministério do Desenvolvimento Regional tem um impacto grande para a nossa população", afirmou o presidente da DAE Jundiaí, Walter da Costa e Silva Filho.Quando pronto, o conjunto irá beneficiar toda a cidade, com população estimada em 423 mil habitantes. O sistema completo conta, ainda, com os reservatórios Cecap, já em operação, e com a Estação de Tratamento de Água Anhangabaú, com previsão de entrega para o ano que vem.

O prefeito de Jundiaí, Luiz Fernando Machado, reforçou a preocupação da cidade com a questão do saneamento. "Jundiaí é uma cidade protagonista no saneamento básico e na água no Brasil, exatamente porque se preocupa em executar obras como estas entregues hoje, que garantem acesso à água de qualidade, além de incentivar o uso racional deste insumo tão importante", destacou.InvestimentosDesde janeiro, R$ 287,1 milhões do Orçamento Geral da União (OGU) foram repassados pelo MDR para garantir a continuidade de empreendimentos de saneamento básico pelo País. Outros R$ 959,7 milhões foram assegurados para financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e de outros fundos federais financiadores.Atualmente, a carteira de obras e projetos da Pasta no setor - contratos ativos e em execução ou ainda não iniciados - é de 1.173 empreendimentos, somando um total de R$ 43,46 bilhões em investimentos federais, sendo R$ 25,62 bilhões de financiamentos e de R$ 17,84 bilhões de Orçamento Geral da União.







Comente aqui