Data: 15/09/2020 14:48 - Alterado em: 11/06/2021 10:45 / Autor: Redação / Fonte: Ipem-SP

Ipem-SP verifica bafômetros destinados aos órgãos de trânsito

Ensaios em laboratório constatam se o instrumento mantém a reprodução de valores de acordo com as tolerâncias pré-estabelecidas em regulamentos do Inmetro


Ipem-SP verifica bafômetros destinados aos órgãos de trânsito
Ipem-SP verifica bafômetros destinados aos órgãos de trânsito

Crédito: Divulgação/Ipem-SP

Os etilômetros, popularmente conhecidos por bafômetros, utilizados pela fiscalização de trânsito são verificados pelo Ipem-SP (Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo), autarquia do Governo do Estado, vinculada à Secretaria da Justiça, e órgão delegado do Inmetro, sejam eles recém-fabricados ou equipamentos em utilização. 

De janeiro a maio deste ano, o Ipem-SP verificou 1.876 etilômetros para diversos instituições entre elas, Departamento de Estradas e Rodagem (DER) (Distrito Federal, Ceará, Maranhão, Pernambuco e Rondônia); Polícia Rodoviária Federal (São Paulo, Pernambuco, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Norte e Pará); Raizen (Mato Grosso e Distrito Federal); diversos aeroportos; Detran (Ceará e Espírito Santo); Capitania dos Portos (Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Santa Catarina); Polícia Militar de São Paulo; Polícia Militar do Estado de SP; Petrobrás (Brasília, Mato Grosso e Rio de Janeiro); Companhia Siderúrgica do Espírito Santo; Siderúrgicas: Usiminas e Vale S/A, Agência Fluvial de Mato Grosso do Sul; Secretaria de Segurança Pública (Mato Grosso); AMBEV (Minas Gerais e Paraná); prefeituras dom Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina; Marinha; Polícia Rodoviária Federal; Ministério da Justiça e Segurança Pública; Secretaria Municipal de Segurança, Trânsito e Transporte; e inúmeras viações e transportadoras do país.    

A verificação metrológica em etilômetros constata, por meio de ensaios no laboratório do Ipem-SP, se o instrumento mantém a reprodução de valores de acordo com as tolerâncias pré-estabelecidas em regulamentos do Inmetro. 

Os ensaios consistem em injetar nos etilômetros três diferentes concentrações de misturas gasosas de etanol em nitrogênio, além de injeção de ar sintético para verificação do ponto zero. 

A verificação anual tem como finalidade aprovar o instrumento após os ensaios laboratoriais para poder ser utilizado em fiscalização de trânsito.  

Em 2020, foram verificados 4.431 etilômetros, sendo 3.756 na verificação periódica e 675 na verificação inicial.

Comente aqui