Data: 24/07/2015 11:18 / Autor: Redação / Fonte: Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC

Inscrições para Prêmio MPE Brasil vão até 31 de julho

Ação do Sebrae, que conta com apoio das prefeituras na região, estimula melhores práticas de gestão empresariais


Estão abertas até o dia 31 de julho as inscrições para o Prêmio de Competitividade para Micro e Pequenas Empresas – MPE Brasil 2015. A ação, que reconhece conceitos inovadores e boas práticas, é realizada em todo o país pelo Sebrae, com apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ). Participando do Prêmio MPE Brasil, empresários têm a oportunidade de avaliar, sem custos, as práticas de gestão de seus negócios, para a implementação de melhorias.

Para participar, as empresas interessadas devem se cadastrar pelo site www.premiompe.sebrae.com.br, ou em pontos de atendimento presenciais do Sebrae.

As empresas participantes são avaliadas pela qualidade da gestão e capacidade inovadora, por meio de um questionário simples de autoavaliação que utiliza os conceitos do Modelo de Excelência da Gestão (MEG), da FNQ. Os empreendimentos inscritos recebem, gratuitamente, um relatório personalizado com pontos fortes e oportunidades de melhoria na gestão. Com base nesse diagnóstico, o Sebrae também indica possibilidades de melhorias em processos e cursos para o fortalecimento dos negócios.

Além de receberem resultados que permitem ao empresário aprimorar a gestão, as organizações com melhor desempenho recebem o reconhecimento das boas práticas adotas com a premiação do MPE Brasil, que acontecem em etapas estadual e nacional.

No Grande ABC, para estimular a participação dos empreendedores, a Prefeitura de São Caetano do Sul criou o Prêmio Sancaetanense da Excelência em Gestão. Neste ano, será realizada a 3ª edição do evento, que utiliza a pontuação obtida pelas empresas da cidade no MPE Brasil para reconhecer as empresas com boas práticas de gestão. Em 2014, 32 empresas da cidade receberam o prêmio na cidade.

O modelo de São Caetano do Sul foi apresentado pelo Secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações de Trabalho do município, Francisco Antonio Soeltl, ao Grupo de Trabalho (GT) Desenvolvimento Econômico, do Consórcio Intermunicipal Grande ABC. Os secretários das sete cidades debateram a realização de versões municipais do Prêmio em cada uma das cidades, de forma padronizada, para ampliar a visibilidade da ação. Por meio da Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC, é discutida a criação de versão regional do prêmio, também utilizando os critérios e pontuação do Prêmio MPE Brasil.

“Essa premiação foi criada para motivar os micro e pequenos empresários a melhorarem a gestão. É importante estimular a participação dos empreendimentos ano a ano, para que tenham condições de conhecer pontos a serem melhorados na gestão, absorver as mudanças indicadas no DNA da empresa e pensar o negócio sob a perspectiva dos critérios do Modelo de Excelência de Gestão utilizados pelo MPE Brasil”, declarou Soeltl.

De acordo com o consultor de Gestão do Sebrae São Paulo, Fábio Costa de Souza, gestor do Prêmio MPE Brasil no Grande ABC, em 2014, a melhor empresa do Estado de São Paulo no Prêmio foi um escritório de advocacia de São Caetano do Sul. Em 2012, uma empresa de Santo André foi vencedora. Na época da premiação, essa empresa empregava 24 funcionários, número que quase dobrou no último ano.

“No período de desaceleração da economia, empreendedores se focaram no negócio, mas é importante ter ferramenta para melhorar a gestão. Em 30 minutos, o empresário responde ao questionário do MPE Brasil e consegue ter noção do nível de gestão dele, que permite realizar ações para melhorar os indicadores e o desempenho dos negócios”, disse.

No último ano, 1.736 empresas do Grande ABC se inscreveram no Prêmio MPE Brasil, das quais 1.002 responderam os questionários. No país, foram mais de 95 mil inscrições.

“Nós do Poder Público precisamos olhar para os micro e pequenos empreendedores, que são responsáveis por grande parte dos empregos em nossa região e podem contribuir para o fortalecimento da economia local”, observou o coordenador do GT Desenvolvimento Econômico e secretário de Desenvolvimento Econômico e Turístico de Rio Grande da Serra, Gilvan Mendonça, que informou que a realização das versões municipais do prêmio já está sendo avaliada pelos municípios.

O Prêmio MPE Brasil é promovido pelo Sebrae, pelo Movimento Brasil Competitivo (MBC), e pelo Grupo Gerdau, com apoio técnico da FNQ.

Comente aqui