Data: 15/01/2021 08:17 / Autor: Redação

Governo de SP adquire 600 mil novos testes importados do tipo RT-PCR para COVID-19

Carregamento vindo da Coreia do Sul desembarcou em Campinas nesta quinta-feira (14). Mais de 1,6 milhão de testes gratuitos já foram realizados pela plataforma de laboratórios


O Governo de São Paulo recebeu nesta quinta-feira (14) 600 mil testes do tipo RT-PCR para diagnóstico de casos de COVID-19, adquiridos por intermédio do Instituto Butantan.

O carregamento vindo da Coreia do Sul desembarcou no Aeroporto de Viracopos, em Campinas, no início da noite, em voo da companhia Korean Air.

Os kits serão usados pela Plataforma de Laboratórios para Diagnóstico de COVID-19, coordenada pelo Butantan em uma rede que conta com cerca de 30 laboratórios habilitados entre públicos, particulares e universitários.

Desde a criação da Plataforma, em abril de 2020, já foram processados mais de 1,6 milhão de testes de PCR, que identifica a presença do coronavírus no organismo. Atualmente, a rede possui capacidade para processar cerca de 11 mil amostras por dia, com resultado em até 48 horas a partir da chegada da amostra em laboratório.

Este é o segundo lote de testes adquiridos a partir da criação da Plataforma. Em abril de 2020, o Butantan comprou 1,3 milhão de testes diagnósticos, também do tipo RT-PCR.

Testagem

A Secretaria Estadual da Saúde (SES-SP) segue o protocolo de testagem do Ministério da Saúde, que “prevê a priorização da testagem de pessoas sintomáticas, e cabendo às Vigilâncias municipais o rastreamento e monitoramento de confirmados e contactantes a fim de conter cadeias de transmissão”.

Lorena Barberia, professora de ciência política da Universidade de São Paulo, coordenadora científica da Rede de Pesquisa Solidária e participante do Observatório Covid-19 BR, afirmou que a expansão recente de testes realizados na rede pública é uma boa notícia, mas 300 mil testes em um mês ainda é um número muito baixo para uma população de 44 milhões de habitantes. “A gente tem que comemorar, mas temos que lembrar que o que o estado de São Paulo fez de testes em dezembro é o que faz o estado de Nova York em um dia e meio” e continuou “Se nós queremos controlar a pandemia, nós queremos ir atrás das pessoas que estão com a capacidade de transmitir para outras pessoas.”

Governo de São Paulo publicou nota relativa aos testes do tipo RT-PCR:
“Desde o início da pandemia, SP já realizou mais de 8,1 milhões de testes para diagnóstico da COVID-19. Destes, mais de 1,6 milhão do tipo RT-PCR foram feitos na rede pública, com aumento expressivo de 37% de outubro para novembro, e de 14% de novembro para dezembro de 2020.

O protocolo definido pelo Ministério da Saúde prevê a priorização da testagem de pessoas sintomáticas, e cabendo às Vigilâncias municipais o rastreamento e monitoramento de confirmados e contactantes a fim de conter cadeias de transmissão, sendo as principais medidas de prevenção o cumprimento das regras sanitárias, com uso de máscara e distanciamento social.

A compatibilização de dados do Placar de Testes/SIMI está em andamento e a atualização diária da plataforma será retomada até a próxima semana. Quaisquer suposições sobre os dados de testagem referentes a dezembro não são adequadas, uma vez que os dados disponíveis são preliminares e são atualizados conforme envio dos laboratórios.”

Comente aqui