Data: 14/01/2022 15:47 / Autor: Redação / Fonte: SIMA

Governo inicia construção de mais dois piscinões na região de Franco da Rocha

Com investimentos de R$68,8 milhões, os reservatórios terão capacidade para acumular 366 milhões litros de água e se somam ao piscinão Jardim União, entregue em 2019


Governo de São Paulo inicia construção de mais dois piscinões na região de Franco da Rocha
Governo de São Paulo inicia construção de mais dois piscinões na região de Franco da Rocha

Crédito: Governo do Estado de São Paulo

O Governo do Estado iniciou nesta sexta-feira (14) as obras dos reservatórios EU-08 e EU-09 que integram o programa de combate às enchentes na bacia do rio Juquery, na cidade de Franco da Rocha. O anúncio ocorreu na FATEC Franco da Rocha e contou com a presença do do secretário de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, do secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi e do superintendente do DAEE, Francisco Loducca.

“A construção destes reservatórios é fundamental para mitigarmos os impactos das chuvas nesta região que costuma sofrer com alagamentos, especialmente durante o verão. Já entregamos um piscinão em 2019, agora iniciamos mais dois e no próximo mês iniciaremos o desassoreamento de cerca de 5 mil metros do rio, no trecho da barragem Paiva Castro, como complemento às medidas preventivas”, explicou o secretário da SIMA, Marcos Penido. 

Os piscinões têm capacidade para armazenar 366 mil metros cúbicos de água das chuvas e serão construídos no Ribeirão Eusébio, afluente do Juquery, com previsão de conclusão em 24 meses e investimentos de R$68,8 milhões.

A importância da obra é ratificada pelo superintendente do DAEE, Francisco Loducca, que destaca também os benefícios para a rede de transporte público “A redução das inundações em áreas urbanas de Franco da Rocha e Caieiras, cidade vizinha, também contribuirá para que ocorra menos interrupções na operação da CPTM, o que beneficiará diretamente 250 mil pessoas”, destacou. 

Sobre os piscinões

O piscinão EU-08 ficará localizado entre a Avenida Tonico Lenci, Estrada da Biquinha, Rua Paula Francinete da Silva e Rua Conceição da Silva, nos bairros Chácara São Luiz, Portal da Estação, Jardim Santo Antônio e Vila dos Comerciários. O reservatório, composto por dois bolsões, ocupará uma área de 100 mil m² e terá capacidade para acumular 274 mil m³ de águas pluviais. O investimento será de R$ 31.288.992,73.

Já o piscinão EU-09 será construído em um trecho entre as estações Franco da Rocha e Baltazar Fidélis, da Linha 7–Rubi da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na região central do município. Com área total 90,5 mil m², ele terá capacidade para acumular até 92 mil m³ de chuvas. O investimento será de R$ 37.538.900,91.

Programa de Combate às enchentes

Neste ano o DAEE também iniciará um novo trecho de desassoreamento que contempla quase 20 mil metros do rio Juquery. O primeiro trecho - com extensão de 4,9 mil metros -, tem previsão de início até março e contempla a barragem Paiva Castro até a foz do córrego Maracujá. Nesta etapa devem ser retirados mais de 107 mil m³ de sedimentos e 8,5 mil m³ de vegetação. No segundo semestre, os esforços estarão concentrados num trecho de 14,6 mil metros, entre a foz do córrego Maracujá e a foz do Córrego Perus.

O programa de combate às enchentes na Bacia do Juquery prevê ainda obras complementares como: o desassoreamento do Ribeirão Eusébio, numa extensão 700 metros no trecho entre sua foz, até a ponte do estacionamento da CPTM, na região central de Franco da Rocha; a implantação de uma galeria desvio na foz do Ribeirão Água Vermelha, a ser implantada numa extensão aproximada de 230 metros; além da canalização do rio Juquery, numa extensão de aproximadamente 400 metros.

Comente aqui