Data: 01/07/2022 15:27 / Autor: Redação / Fonte: Prefeitura de São Paulo

GeoSampa: localize os equipamentos públicos de São Paulo com acessibilidade em Libras

A Central de Intermediação em Libras (CIL) agora está disponível no mapa digital da cidade; confira abaixo o passo a passo para navegar pelo GeoSampa


GeoSampa
GeoSampa

Crédito: Prefeitura de SP

O Portal GeoSampa, mapa digital da cidade, acaba de ganhar a sua mais nova atualização. Desde quinta-feira (30/06), a Central de Intermediação em Libras (CIL) pode ser localizada por qualquer cidadão na plataforma georreferenciada do município. A iniciativa é resultado da parceria entre a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED) e a Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL). 

A CIL é um serviço oferecido pela SMPED que através de uma videochamada realiza a intermediação da comunicação entre pessoas com deficiência auditiva e surdas, e o servidor público, no atendimento em equipamentos municipais na cidade de São Paulo.  

O serviço está instalado em computadores de unidades de saúde, assistência social, educação, entre outros equipamentos públicos, nos chamados Postos de Atendimento Presenciais (PAP-CIL). Além disso, ainda existe a versão em aplicativo, o “CIL – SMPED”, que pode ser baixado gratuitamente e que oferece intérpretes de Libras disponíveis 24 horas por dia para fazer a tradução durante atendimentos em serviços municipais. 
 
No aplicativo também não há custo para o usuário, pois a videochamada é custeada pela que a Prefeitura de São Paulo que assinou contrato com as principais operadoras de telefonia. Portanto, o munícipe que utilizar a CIL não gasta o seu pacote de dados. 
 
A mais nova camada do GeoSampa traz as informações e localizações de todos os equipamentos públicos da capital em que o cidadão pode fazer uso da Central de Intermediação em Libras. No total, são 285 endereços que incluem Unidades Básicas de Saúde (UBS), Unidades de Pronto Atendimento (UPA), Centro de Atendimento ao Trabalhador (CAT), Centro de Informação Turística (CIT), hospitais, subprefeituras e até bibliotecas.  
 
Além do novo mapa com os PAP-CIL, a camada “Selo de Acessibilidade” foi atualizada no GeoSampa. Ela passa a se chamar “Selo de Acessibilidade Arquitetônica” e mostra os locais cujas edificações foram certificadas por serem acessíveis para pessoas com deficiência.  O selo é concedido pela Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA).  
 
Ao todo, 749 localizações receberam essa certificação na capital e podem ser localizadas através da plataforma.  
 
A SMUL é a responsável pela gestão do mapa digital. Em parceria com as demais secretarias municipais, a pasta viabiliza a atualização de camadas já existentes e a inclusão de novos temas para consulta gratuita e online de toda a população. 
 
Como acessar as novas camadas?  
 
Para conferir as localizações dos PAP-CIL acesse o GeoSampa, vá ao menu do lado direito da tela, clique na camada “Acessibilidade” e selecione o botão “Central de Intermediação de Libras”.  
 
Se quiser visualizar os locais com “Selo de Acessibilidade Arquitetônica”, basta seguir o mesmo caminho, abrindo a camada “Acessibilidade” e em seguida clicando em “Selo de Acessibilidade Arquitetônica".    
 
Você pode fazer o download destas camadas selecionando o botão “Download de Arquivos” no canto esquerdo da tela, escolhendo o tema “Acessibilidade” e na seqüência clicando no botão “Central de Intermediação em Libras”, ou no “Selo de Acessibilidade Arquitetônica”.    
 
O GeoSampa  
 
Esta plataforma é um mapa digital da cidade de São Paulo que reúne informações sobre os mais variados temas comolocalização de semáforos e pontos de iluminação pública, croquis patrimoniais, dados sobre a população, equipamentos públicos e concessão da outorga onerosa do direito de construir.  
 
Considerado uma fonte – referência de informação sobre serviços e equipamentos da cidade de São Paulo, o GeoSampa reúne ainda mapas históricos, arquivos de ortofotos – representação fotográfica de uma região da superfície terrestre, na qual todos os elementos apresentam a mesma escala, livre de erros e deformações -, imagens de satélite, fotografias aéreas, plantas, croquis e cartas antigas, como o mapeamento da cidade realizado nos anos 30 – o Sara Brasil.  
 
Sendo fácil e intuitivo de usar, o GeoSampa conta com diversas ferramentas que buscam atender as necessidades de cada usuário da plataforma. Acessando os botões no canto esquerdo da tela você pode localizar ferramentas de pesquisa, medição, desenho, download de arquivos e até mesmo um visualizador em 3D para alguma área da cidade que você mesmo pode demarcar.  
 
Com temas e parâmetros divididos em camadas, o GeoSampa apresenta um total de 342 camadas que trazem as mais diversas informações e dados estatísticos sobre aquilo que o usuário esteja procurando sobre a cidade de São Paulo.  
 
O GeoSampa é um portal que segue as diretrizes do Plano Diretor Estratégico, e foi desenvolvido a partir de software livre pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo (PRODAM).   
 
Para saber mais sobre o conteúdo de mapas e camadas de dados, bem como as ferramentas disponíveis, acesse o Tutorial GeoSampa aqui. 

Comente aqui