Data: 28/10/2021 10:01 / Autor: Redação / Fonte: Funarte

Funarte encerra edição do Teatro Virtual nesta quinta, com espetáculo infantil

Montagem da Voar Teatro de Bonecos, do Distrito Federal, é uma das 25 obras disponíveis on-line


 “As 12 caixas de Hércules” será exibida no YouTube da Fundação
“As 12 caixas de Hércules” será exibida no YouTube da Fundação

Crédito: Divulgação/Rodrigo Brant

O Festival de Teatro Virtual da Funarte chega ao fim nesta quinta-feira, 28 de outubro, às 18h30, com a exibição do espetáculo infantil As 12 caixas de Hércules, da Voar Teatro de Bonecos, da Capital Federal. Para todas as idades, a obra conta a saga do herói da mitologia grega Hércules, por meio do teatro lambe-lambe, também conhecido como teatro de miniaturas. A apresentação fica disponível para acesso posterior no canal da Fundação no YouTube, junto com as outras 24 montagens que integram o festival, em bit.ly/FestivaldeTeatroVirtual.

O festival é resultado do edital Prêmio Funarte Festival de Teatro Virtual 2020, lançado em agosto do ano passado. O concurso selecionou cinco projetos de cada uma das cinco regiões do país. Premiados como a companhia Lamira Artes Cênicas, do Tocantins, e o agrupamento Bote de Teatro, de Pernambuco, ressaltaram a importância do concurso para fortalecer as atividades artísticas, em um momento ainda de incertezas.

“A nossa participação no Festival foi algo que salvou a gente no ano de 2020. Foi o primeiro festival que a gente conseguiu aprovar. Foi realmente um respiro”, destacou a atriz e cineasta Inês Maia, do Bote de Teatro, que apresentou Salto.

Tínhamos algumas ações on-line, mas não apresentações. Após o edital da Funarte, vieram outras experiências com o teatro virtual. Mas o prêmio da Fundação foi o que propiciou o início dessa pesquisa, foi uma grande pérola, uma preciosidade. A Funarte iniciou esse caminho, principalmente para a região Norte”, declarou Carolina Galgane, da Lamira, responsável pela concepção de Gibi.

Dos palcos para a tela

Os espetáculos em vídeo deixam registrado todo o trabalho de pesquisa e dedicação dos grupos para adaptar repertórios e criar conteúdos pensados exclusivamente para o que seria um "teatro virtual", utilizando diferentes linguagens e abordagens. O Homem e a Mancha, por exemplo, reuniu registros da atuação de Marcos Breda em 1996, 2017 e 2021 com vídeos do próprio autor Caio Fernando Abreu, em 1994, lendo as rubricas de como desejava cada cena. O trabalho, com direção de Aimar Labaki e fotografia de Jacob Solitrenick, abriu a agenda do festival, em 5 de agosto.

O Teatro Virtual fez referência e homenagem a outro projeto da Funarte, a Série Seis e Meia, que promovia shows de música sempre às 18h30. A ideia era manter o compromisso de levar arte ao público com assiduidade, em um horário acessível, mesmo que à distância.

As 12 Caixas de Hércules

Encerrando a programação, a companhia Voar Teatro de Bonecos apresenta As 12 Caixas de Hércules, em formato de teatro de lambe-lambe, inovado para o vídeo. A sessão é inspirada no mito de Hércules, filho de Zeus, deus do Olimpo, e suas referências. A história, então, é recontada em estações, em doze trabalhos. A obra busca oferecer reflexões sobre coragem e persistência. Segundo os estudos do grupo, “o herói épico da Grécia foi quem ensinou os homens a lutar”.

“Foi uma experiência nova, geralmente fazemos o espetáculo para ser visto primeiro pelo público e depois gravamos em vídeo. Nessa montagem, o processo foi inverso, pensamos numa proposta de linguagem audiovisual, mantendo as características e a artesania teatral para ser assistido pelas telas”, ressalta o grupo.

A companhia faz parte da associação sociocultural-artística Voar – arte para a infância e juventude, que desenvolve atividades de criação e produção de espetáculos, festivais e curtas-metragens para o público infantil e familiar; bem como fornece cursos para formação teatral, musical, tecnológica e empreendedora para entes e agentes socioculturais, entre outras atividades.

Dia 28 de outubro | As 12 caixas de Hércules | DF

Voar Teatro de Bonecos

Acesso gratuito em: bit.ly/FestivaldeTeatroVirtual

Comente aqui