Data: 11/07/2020 14:18 / Autor: Redação ABCdoABC / Fonte: Estadão Conteúdo

Fiscalização lacra bares na ZL por desrespeito a horário de funcionamento na quarentena

A operação ainda aplicou multas no valor de R$ 9.380 para cada um dos estabelecimentos


A Prefeitura de São Paulo interditou 11 bares e adegas na zona leste da cidade depois de uma operação de fiscalização realizada nesta sexta-feira, 10. Os estabelecimentos desrespeitaram, segundo a Prefeitura, o decreto de fechamento de bares, que determina as 17h como horário limite para funcionamento.

Realizada pela Subprefeitura Aricanduva, a ação contou com apoio da Guarda Civil Municipal (GCM), Polícia Militar e Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). A operação ainda aplicou multas no valor de R$ 9.380 para cada um dos estabelecimentos. A Subprefeitura de São Miguel Paulista também realizou a interdição de um estabelecimento.

Desde o início das restrições por conta da pandemia do novo coronavírus, cerca de 2.000 agentes trabalham na fiscalização e 647 estabelecimentos foram interditados por descumprirem as regras vigentes, de acordo com informações da Prefeitura. Destes, 237 são bares, restaurantes, lanchonetes e cafeterias.

Pelas novas regras, os estabelecimentos podem funcionar entre 11h e 17h e é proibido colocar mesas na calçada. A ocupação máxima nos estabelecimentos pode ser de 40%, e os clientes só poderão consumir os alimentos dentro dos estabelecimentos se todos estiverem sentados, seguindo corretamente as recomendações de higiene.

Fiscais da Prefeitura de São Paulo interditaram 11 estabelecimentos na zona leste
Fiscais da Prefeitura de São Paulo interditaram 11 estabelecimentos na zona leste

Crédito: Alexander Tomaz Nobre/Prefeitura de São Paulo

Comente aqui