Data: 03/04/2013 09:44 / Autor: Redação / Fonte: ABCE

FIEE mostra como tempestade não derruba semáforos e robô humanoide

Empresa traz no-break à prova de vandalismo. Suporte para energia solar e robôs para montar carros e educação também são destaques na feira.


 

Soluções voltadas para resolver questões do cotidiano das pessoas ou agilizar a produção industrial estão presentes na FIEE 2013 (Feira Internacional da Indústria Elétrica, Eletrônica, Energia e Automação). Entre elas, está um no-break que mantém o semáforo em funcionamento, mesmo com a pior das tempestades e ainda não para o trânsito. Além de suportes para equipamentos de captação de energia solar e robôs voltados para montadoras de carro e outro para aplicações em educação e saúde.

Semáforo não desliga

A Lacerda Sistemas de Energia está presente na FIEE com duas novidades para o setor de energia fotovoltaica. A primeira é o no-break para semáforos que evita o caos quando tempestades derrubam a energia elétrica. O produto possui 2 kVA, com opção bivolt cujo gabinete segue o padrão IP54, o que torna o no-break mais seguro contra vandalismo e chuva, por exemplo.

A segunda atração da empresa é o no-break de pequeno porte para pequenas aplicações domésticas, tais como portões e videogames.  “Até o fim de 2013 a previsão é de um crescimento de 35% a 40% em relação a 2012. Para isso, mudamos nossa sede de Santo André (SP) para uma planta de 7.000 m2 em São Bernardo do Campo (SP). Estamos participando da FIEE e ainda pretendemos subir o número de empregados de 200 para 300 funcionários”, diz Rodrigo Celestino, gerente de Contas da Lacerda.

Suporte para energia solar

A PLP Brasil atua nos segmentos de Linhas de Transmissão e Redes Aéreas de Distribuição de Energia Elétrica, Telecomunicações, Conectividade e vem à FIEE para apresentar a sua nova área de atuação: a PLP Solar, voltada aos mercados de Subestação e Energia Solar. Para tal, a empresa expõe na feira suportes tipo "Topo de Poste" para painéis solares.

Responsável pela estrutura de painéis fotovoltaicos, a PLP Solar é especializada em engenharia, projeto e fabricação de suportes solares, oferecendo soluções confiáveis e inovadoras nesta área, independente da complexidade das suas aplicações.

Quase humano

A Vivacity Didactic traz para o mercado educacional brasileiro o robô NAO, modelo humanóide de 57 centímetros de altura, dotado de inteligência artificial. Ele já vem de fábrica com funções básicas como andar e realizar movimentos do corpo, braços e pernas e reproduz palavras através do comando de voz.

Criado pela Aldebaran Robotic, o NAO até parece um brinquedo, mas tem funcionalidades voltadas para áreas diversas, como educação – desde a infantil até ensino médio e universidades. Além disso, pode ser utilizado em pesquisas, serviços especializados na área de saúde em acompanhamento de idosos e o auxílio de pessoas com deficiência mental ou motora, aplicações em indústrias para tarefas de alto risco e desenvolvimento de programações com alto nível de complexidade. Ele já é utilizado por mais de 450 universidades no exterior para pesquisas e simulações laboratoriais e em salas de aula. No Brasil, 15 instituições de ensino e pesquisa já contam com a novidade, entre elas a USP de São Carlos (SP), e as Universidades Federais da Paraíba e de Santa Maria (RS).

Robô para montar carros

A Meguro Instrumentos Eletrônicos, especializada em equipamentos de medição e soldagem, apresenta na 27ª FIEE as novidades na área de robótica para montadoras. A empresa mostra na Feira um sistema de automatização de mão-de-obra que vem ao encontro das exigências das linhas de produção das grandes empresas automotivas.

Segundo Hanai Akihiro, diretor da Meguro, a qualidade existente no robô não só atende as demandas das montadoras como também responde pela necessidade da soldagem perfeita feita por essas empresas.

A Meguro participa da FIEE desde a sua primeira edição e acredita que robótica é uma tendência no setor de automação. “A robotização da mão-de-obra está começando agora no Brasil e está cada vez mais solicitada pelas montadoras, ou seja, essa é a grande tendência no setor de automação industrial para os próximos anos”, completa Akihiro.

Trabalhando no segmento de placas eletrônicas e maquinários com aplicação a laser, a RWS industrial traz a FIEE seu mais novo lançamento, a Neomark Twin, equipamento compacto de marcação a laser.  Segundo Romulo Wagner, diretor CEO da RWS, a aposta principal da empresa é na inovação tecnológica, voltada para um público que depende de uma inserção de tecnologia avançada, já que os processos de aplicação atual das empresas que trabalham neste segmento estão saturados.

“Nosso objetivo é trazer automatização para o processo de montagem dos maquinários, com soluções inovadoras de placas eletrônicas, todas voltadas para as tendências tecnológicas que o mercado exige. Ressalta Romulo.

Proteção de placas eletrônicas

A Ellsworth, especializada na distribuição de produtos químicos especiais e equipamentos de aplicação para os mesmos, participa da FIEE trazendo novidade ao setor industrial de produtos químicos sua linha de adesivos em silicone e resina acrílica. Para Marcos Dias, diretor da Ellsworth, a tendência é cada vez mais as empresas evoluírem em termo de tecnologia, expondo seus aparelhos e maquinários com componentes eletrônicos cada vez menores a riscos externos, com isso provendo um aumento na proteção dos mesmos.

 “Nossa linha de adesivos em silicone e resina acrílica tem o papel de proteção as placas eletrônicas, cada uma cumprindo seu papel, buscamos a excelência de suprimento dos nossos produtos de forma precisa e pontual, atendendo não somente uma única localidade, e sim muitas localidades em todo o mundo, de acordo com a necessidade do cliente, que esta cada vez mais exigente”, afirma Dias.

Comente aqui