Data: 16/06/2021 16:09 / Autor: Redação / Fonte: CPS

Feteps desafia estudantes com objetivos da Agenda 2030 da ONU

Novidades foram apresentadas nesta terça (15); inscrições de projetos de alunos de Etecs, Fatecs e de instituições nacionais e estrangeiras poderão ser feitas a partir de julho


A diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, comemorou a volta do evento
A diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, comemorou a volta do evento

Crédito: Reprodução

A Feira de Tecnologia do Centro Paula Souza (Feteps) voltou e está cheia de novidades. O evento, que teve sua última edição realizada em 2018, foi reformulado e as novas diretrizes, apresentadas nesta terça (15), durante uma live, podem ser conhecidas no YouTube. Entre as principais mudanças estão o incentivo a projetos que contribuam para a solução dos desafios da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU) e a possibilidade de participação conjunta de alunos de  Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais nos trabalhos.  Outras instituições de ensino, brasileiras e estrangeiras, também poderão participar da feira.

"Temos de volta nossa querida feira", comemorou a diretora-superintendente do CPS, Laura Laganá. "Quero compartilhar com vocês minha alegria e meu entusiasmo." Participaram do evento também o coordenador do Ensino Superior de Graduação, Rafael Ferreira Alves, e o coordenador do Ensino Médio e Técnico, Almério Melquíades Araújo. O especialista em empreendedorismo e presidente do Instituto Fazendo Acontecer, José Dornelas, falou sobre a construção de projetos criativos e inovadores.

Uma das novidades da nova Feteps é a adoção dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs), que integram a Agenda 2030 da ONU, para nortear os projetos, que devem ser uma resposta a essas metas. No passado, os trabalhos tinham de se encaixar em um dos 11 eixos temáticos definidos pela organização.

A partir de agora, os alunos serão os protagonistas de sua participação no evento: escolhem sua equipe e orientador e propõem um tema. Diferentemente do que era feito até a última edição da feira, será possível formar times compostos por estudantes de unidades e cursos diferentes e juntar no mesmo grupo estudantes de Etecs e Fatecs.

Para inspirar e ajudar professores e alunos na tarefa de construir soluções inovadoras e apresentá-las na feira, a organização da Feteps lança uma websérie, com oito episódios, no próximo dia 21. Entre os temas a serem abordados estão ferramentas que funcionam como filtros de eficiência para os projetos: Canvas, Golden Circle, Mapa de Empatia, Avaliação de viabilidade pelos princípios da Economia Criativa, Design Thinking, 5W2H e Análise Swot.

Os projetos deverão ser lançados em uma plataforma para serem analisados pela comissão de avaliadores. Os trabalhos selecionados para a feira serão automaticamente transferidos para outro site. Como já ocorreu em 2017 e 2018, a feira será realizada no formato online.

Os três melhores trabalhos relacionados a cada ODS terão a possibilidade de realizar uma apresentação virtual, em formato pitch, para uma banca mista, composta pela equipe da Feteps e profissionais de empresas parceiras.

Conheça o calendário da13ª edição da Feteps aqui.

Comente aqui