Data: 13/05/2020 15:56 / Autor: Redação / Fonte: Faculdade Santa Marcelina

Faculdade Santa Marcelina aprofunda estudo sobre Beethoven

Coordenador da área de música da instituição decifra os códigos do compositor alemão a fim de aproximar a música clássica do público em geral


A Faculdade Santa Marcelina convida internautas para palestra on-line gratuita sobre o Concerto para Piano e Orquestra IV-Op 58 de Beethoven, peça clássica que pode ser entendida como precursora da música moderna, que acontece no dia 15 de maio a partir das 17h. O palestrante será Sérgio Molina, compositor, professor e coordenador da área de Música da instituição de ensino. Para acompanhar a apresentação não são necessários conhecimentos musicais ou afinidade com a música clássica. Basta estar aberto a uma nova experiência para enxergar um Beethoven de uma perspectiva diferente.

Durante o encontro virtual os participantes terão a oportunidade de decifrar os códigos que estão por trás da música do compositor e compreender porque a história da música pode ser dividida entre antes e depois de Beethoven. “Acredito ser possível estudar em alto nível e aprofundar o entendimento por meio de um vocabulário atrativo que aproxima as pessoas da possibilidade de compreensão desses códigos. E muito gratificante saber que, após experiências como essa, há uma transformação na relação dos ouvintes com a música, simplesmente porque receberam uma contextualização apresentada de maneira objetiva. Até mesmo músicos profissionais são atraídos pela clareza da abordagem proposta”, explica Molina.

De acordo com o coordenador de música da Faculdade Santa Marcelina, Beethoven, ainda na primeira década do século XIX, inaugurou processos de montagem da narrativa musical. “Para exemplificar esse aspecto da obra do artista, imagine uma cena de filme quando a passagem de um plano de imagem a outro se dá sem qualquer estado intermediário, ocorrendo de forma abrupta. Trata-se do corte seco, recurso muito utilizado no cinema. E processos de criação como esse acontecem na escrita do compositor alemão. Antes dele, a evolução da música tinha uma continuidade progressiva, mesmo que as composições à época evoluíssem de situações tranquilas para momentos de tensão. Beethoven foi o primeiro romper esse padrão, transformando definitivamente a cena musical desde então”, afirma Molina.

Quem participar da palestra terá a oportunidade de incorporar estratégias para uma fruição mais atenta e participativa, além de conhecer alguns aspectos importantes que diferenciam Ludwig Van Beethoven de seus contemporâneos.

Serviço:

A palestra será ao vivo e exibida por meio de sala virtual ancorada no sistema Zoom, no dia 15 de maio (próxima sexta-feira), a partir das 17h (previsão de 2h de duração). Para participar, os interessados deverão acessar o link https://forms.gle/wS4DornH948SnjNCA até as 12h do dia 15/5 e preencher o formulário. *A sala virtual tem disponibilidade para a participação de até 100 pessoas. Ao atingir o limite de vagas, o formulário online será bloqueado*.

Crédito: Milton Gevertz

Comente aqui