Data: 09/02/2022 13:36 / Autor: Redação / Fonte: SEESP

Engenheiros participam de audiência pública sobre acidente na Linha 6

Evento convocado pela Assembleia Legislativa de São Paulo acontece de forma virtual, nesta quarta-feira (9/2), a partir das 19 horas, com transmissão pelas redes sociais


Crédito: Governo do Estado de São Paulo

Representantes do Sindicato dos Engenheiros no Estado de São Paulo (SEESP) debatem hoje (9/2) o acidente nas obras da Linha 6 - Laranja que resultou na abertura de cratera na Marginal Tietê na semana passada. Murilo Pinheiro, presidente da entidade e da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), Ernesto Gonzales, delegado sindical na Sabesp, Emiliano Stanislau Affonso Neto e Nestor Tupinambá, delegados sindicais no Metrô, participam da audiência pública virtual convocada pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), que acontece a partir das 19h.

Será uma oportunidade para expor aspectos para os quais técnicos com larga experiência no assunto vêm chamando a atenção, como a hipótese de não ter havido cuidado necessário para se realizar a escavação com o shield, o popular Tatuzão. Conforme esses, deveria ter sido mantida distância bem maior do interceptor de esgoto existente no local e de pleno conhecimento dos responsáveis pelo trabalho. Além dessa precaução básica, recomenda-se nesses casos, segundo especialistas, reforçar a galeria com injeção de cimento, tubo de aço ou estacas raiz. Na ausência desses cuidados, mesmo não havendo o choque, a trepidação causada pelo equipamento em proximidade perigosa à tubulação pode ter ocasionado seu rompimento.

A audiência é uma iniciativa conjunta dos mandatos dos deputados estaduais Paulo Fiurilo (PT), Carlos Giannazi (PSOL) e Leci Bradão (PCdoB), além do SEESP, Sindicato dos Metroviários de São Paulo, Sintaema (dos trabalhadores em água e esgoto) e Movimento Metrô na Brasilândia.

A transmissão ocorrerá pela TV Alesp e nas redes dos mandatos e das entidades que promovem a audiência, entre as quais o SEESP no seu Facebook (clique aqui) e Youtube (aqui).

Comente aqui